:: Geração Coca-cola – O depoimento de um rebelde comedido



“Quando nascemos fomos programados

Pra receber de vocês

Nos empurraram com os enlatados

Dos U.S.A., de nove as seis

Desde pequenos nos comemos lixo

Comercial e industrial

Mas agora chegou nossa vez

Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês

Somos os filhos da revolução

Somos burgueses sem religião

Somos o futuro da nação

Geração Coca-Cola

Depois de 20 anos na escola

Não é difícil aprender

Todas as manhas do seu jogo sujo

Não é assim que tem que ser

Vamos fazer nosso dever de casa

E aí então vocês vão ver

Suas crianças derrubando reis

Fazer comédia no cinema com as suas leis

Somos os filhos da revolução

Somos burgueses sem religião

Somos o futuro da nação

Geração Coca-Cola

Geração Coca-Cola

Geração Coca-Cola

Geração Coca-Cola”

Créditos: Legião Urbana





Era 1985 com muito esforço consegui passar numa escola pública onde as elites estudavam. Na época o grande incentivo era o estudo de eletrônica, principalmente voltados para o domínio das técnicas científicas na produção de computadores portáteis.

O modelo político de crescimento estava falido. O crescimento econômico não estava acompanhando o crescimento populacional. A elite do país queria poder ter uma maior liberdade encontrada na Europa Ocidental e Estados Unidos da América.

Por outro lado a União Soviética infiltrava idéias nas camadas mais cultas do país, principalmente nas elites brasileiras ligadas à cultura, esporte e classe operária. Os ideais de igualdade, união e fraternidade eram repassados para os grêmios estudantis por correntes políticas vigiadas pelos militares (autoridades locais) e impunha limites de conduta e ordem.



“ORDEM E PROGRESSO”





O mundo capitalista também não estava mais interessado nos bloqueios comerciais de seus produtos e influenciava a elite capitalista do país que tivesse interesse a buscar uma nova forma de governo que atendesse aos seus propósitos comerciais.

O cenário era este: famílias numerosas com poucas perspectivas de desenvolvimento humano, correntes políticas contrárias separando a opinião dos que tinham recursos financeiros e dos que não tinham boas condições de vida.



“ABAIXO A OPRESSÃO”





Então o slogan foi: QUEREMOS PODER ESCOLHER! Mas todos divididos entre as duas grandes correntes que planejavam a “SALVAÇãO” do povo brasileiro. Interesse comercial do lado capitalista e interesse geopolítico do lado socialista.

Nós estudantes, dos 13 aos 18 anos, influenciados pelos Grêmios Estudantis formos à rua. Primeiro porque o transporte público estava caro demais para nosso poder aquisitivo, em segundo lugar para exigir melhores condições de educação até que a REVOLUÇãO migrou para exigir que o país tivesse “DEMOCRACIA”.



“A BURGUESIA FEDE...”





Então surge a TEORIA DA DOMINAÇãO DO TERCEIRO MUNDO, onde de um lado: “COMUNISTA COME CRIANCINHA” e do outro “A BURGUESIA SE APROPRIA DO SEU TRABALHO”. Em quem acreditar?

“Somos os filhos da revolução

Somos burgueses sem religião

Somos o futuro da nação

Geração Coca-Cola”

Interesses à parte, eu sei que quando participava de grandes e médias manifestações ficava sempre próximo aos policiais por acreditar que estava mais seguro não fazendo parte da “turma que gostava de baderna: quebrar carros, vidraças, queimar pneus,...” Mas os organizadores do evento embutiam a opinião de que os policiais eram: “SERES OPRESSORES À MANDO DA ESTRUTURA DOMINANTE” que o melhor para nós que fazíamos nossas manifestações de forma ordeira era ficar no núcleo do grupo para não correr o risco de sermos “espancados” pelos policiais que acompanhavam a multidão.

A televisão era a grande aliada do CAPITALISMO. Tentava a todo o custo passar a impressão que a liberdade de escolha estava associada a poder adquirir bens e trazia progresso e felicidade aos lares.



“O CONSUMO ERA A SAÍDA” versus “CONSUMIR PARA QUE?”





Então as classes operárias politizadas e os movimentos estudantis começaram a combater em grau de igualdade as grandes corporações internacionais, os grandes bancos, as emissoras de TV que queriam passar o modo capitalista de viver e os militares.

Nós sabíamos que o princípio socialista era uma bandeira muito bela, porém aos poucos os responsáveis por difundir a ideologia, certos que tudo caminhava para uma REVOLUÇãO, começaram a repartir o poder entre si gerando núcleos de influência em torno de nomes que foram progressivamente se destacando até chegar a um nível nacional.



“VIVA A DEMOCRACIA”





E os militares cederam e marcaram eleições diretas, não antes de garantirem para si a liberdade de não passarem por tribunais que pudessem levá-los a responder por seus “crimes” que afirmavam as duas correntes ideológicas que queriam substituir o poder.

O certo é que os militares também não queriam os comunistas no poder então garantiram que o equilíbrio de forças pendesse para o lado capitalista manipulando as fontes de informações, as oligarquias no interior do Brasil e o conteúdo programático do que era ensinado nas escolas.

Quando Tancredo Neves ganhou a eleição direta finalmente a população em sinal de alegria transgrediu uma lei militar que impedia o uso da buzina que não fosse estritamente necessária. Mas passadas algumas horas surge a informação que o “Herói” foi hospitalizado.



“A ESPERANÇA QUE SE INICIA NÃO SiLENCIA”





E o representando do povo direto, mas não de forma direta, morre. Rumores por todos os lados de um novo golpe militar espalham por Brasília. A oposição fica atenta e negocia com os militares a continuidade do processo até chegar à formação de uma nova CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA que atenda os desejos da “POPULAÇãO”, mas que na realidade atenda ao desejo do capitalismo internacional ganhador do núcleo de influência geo-econômica.

Para não gerar um racha nas duas correntes opostas, pela ocasião, chegou-se a um acordo político que seria tolerado a PLURALIDADE PARTIDÁRIA nos quais diferentes formas de pensamento agora poderiam viver juntas sem que uma subtraia a outra.

A constituição é formada. A geração Coca-cola está em festa embora não tenha conseguido o comunismo ou o socialismo, mas havia uma esperança de num futuro próximo ver seu desejo cristalizado na forma de um presidente da república que a representasse.



“UNIDOS VENCEREMOS”





No princípio as idéias dos políticos são fortes e quer arrebanhar o povo. Surgem muitos SALVADORES DA PÁTRIA, EU FAÇO ACONTECER, COMIGO NÍNGUEM PODE, CREIA EM MIM e o “unidos venceremos” ficou apagado lá no canto esperando sua vez.

Com o tempo o povo começa a aprender a votar, pois no início só ganhavam SUPER HERÓIS que prometiam mundos e fundos. As pessoas foram se tornando mais céticas e descrentes da classe política, mas o trabalho de base dos primeiros políticos eleitos após a ditadura foi tão perfeito que ninguém, ou quase ninguém, queria saber de voltar o tempo da ditadura.



“SOMOS UMA NAÇÃO SOLIDÁRIA”





Hoje o SISTEMA POLÍTICO está falido, porém a DEMOCRACIA está viva. As instituições públicas ainda têm grande respeitabilidade, mas os governantes são alvos de todo descrédito por parte da população. Pelos seguintes motivos: uma grande parte dos políticos visou ao chegar ao poder o lucro pessoal, o tráfego de influência criou comuns privilegiados em várias esferas, a expectativa pela democracia gerada no início do processo democrático foi lenta e não acompanhou os anseios da população, o salário pago para grande massa de trabalhadores é ainda deficitária, a aposentadoria é baixa e cada vez é mais elevada a idade para adquirir o benefício, grande número de pessoas abaixo da linha de pobreza,...

Max Diniz Cruzeiro



Conte também sua história em relação a seu país, nós publicaremos neste espaço. Envie um e-mail com o texto para: contato@lenderbook.com



Max Diniz Cruzeiro

Electronics Technician

Bachelor of Statistics

Post graduate in Clinical and Business Psychopedagogy

MBA in Marketing and Social Networks

Postgraduate in Clinical Neuroscience

Postgraduate in Psychoanalytic Theory

Doctor PhD Student in Philosophy - Psychology: Cognitive

Self-taught Writer

Self-taught Ufologist

Specialist Self-taught in Remote Sensing

100% of the production of texts is in Portuguese!
95% of text production is in English!
90% of the production of texts is in Spanish!
The records from 2105 to 52104 is a great mechanical phrase writing experiment crafted in excel!









ADIÇÃO (22/MAR/2017) NO SITE LenderBook

INSAUT MATERIAL PRINCIPAL DA LENDERBOOK



Listar índice completo...





Previsão para Setembro de 2016













The film contains technology information!






Release (Book of Knowledge): Pay for this book the price of a Fast Food your city in our donation systems (paypal or Pague seguro).

Lançamento (Livro do Conhecimento): Pague por este livro o preço de um Fast Food da sua cidade em nossos sistemas de doações (Pague seguro ou paypal).


Version Original +- 4,3 MegaBytes
].....[
Version with Art +- 75 MegaBytes
].....[
Doando você estará ajudando alguém através de nossos projetos














Amigos,
Bom dia,
Ofereço serviços de impressão a Laser frente e verso de excelente qualidade:
Regra: o trabalho deve estar digitalizado e não necessitar de qualquer tipo de revisão
Especificação: Folha A4
Valores:
Apenas toner preto: 15 centavos cada página
Com toner colorido: 30 centavos cada página

Obs.: Não é serviço de xerox a qualidade é igual a impressão de livro. Não fazemos desconto. Os valores de impressão para este tipo de serviço no mercado é de 25 centavos para toner preto e 1 real para toner colorido.
Se souberem de algum estudante que queira imprimir algum trabalho de alta qualidade repasse o meu e-mail por favor. Conforme o volume entrega no dia seguinte. Serviço realizado no período noturno. Necessário pedir com antecedência para entrar na fila de impressão.
Enviamos o material impresso através dos Correios para sua casa (Impressão + custos de envio). Aproveite a oportunidade selecione nossos textos que enviamos para você o seu arquivo digital impresso. Pagamento antecipado via paypal ou pagseguro.
lenderbook@gmail.com

A rede social da Cultura Brasileira
Disponível para todos que nutrem um amor inconfundível por esta pátria chamada Brasil.

Uma iniciativa do Ministério da Cultura - Governo Federal




Site designed and supervised by Clinical Neuroscientist.

Site desenvolvido e orientado por Neurocientista Clínico.

Max Diniz Cruzeiro



Welcome to Heavenly groupings

The brothers who are outside the celestial vault,

thanks for your existence,

Come to us all that comes from you what is good,

Is made a conscious and collective will,

On Earth as elsewhere

Let us be worthy of our own support

Spare us the misunderstanding that arises from our essence

Just as we are able to reflect and

limit the badly that arises within us and in relation to other beings

If you know of any fault of mine, show me the way to recover.

To build together a heavenly nation for the common good.

Bem-Vindos aos agrupamentos Celestiais

Aos irmãos que estão fora da abóboda celeste,

obrigado pela sua existência,

Venha a nós tudo o que procede de ti que for bom,

Seja feita uma vontade consciente e coletiva,

Assim na Terra como em outros lugares

Sejamos merecedores de nosso próprio sustento

Perdoai-nos a incompreensão que aflora de nossa essência

Assim como somos capazes de refletir e limitar o mal que aflora dentro de nós e em relação a outros seres

Se souberes de alguma falta minha, me mostre o caminho para me recuperar.

Para construirmos juntos uma nação celestial para o bem comum.

We need financial resources for the translation of our texts and if you are able to perceive a human gain in your life with our information please consider donating to our activity.

Nós necessitamos de recursos financeiros para a tradução de nossos textos e se você é capaz de perceber um ganho humano em sua vida com nossas informações favor considerar a possibilidade de fazer doações para nossa atividade.










The star contains more than 2,000 pages of information!






Insaut - Pular Informações corporativas e ir para o texto


10 ANOS DE LENDERBOOK





INSAUT TOP