ministério da cultura

:: Kpac: Produzindo Multiversos


Kpac: Produzindo Multiversos




Em Ivelanos uma cidade científica de Cacéfalo um cientista da família dos Golasyx desenvolveu um equipamento gerador de frequência eletromagnética baseado em nossos antigos televisores de tubo de imagem. Nosso primeiro grande desafio era projetar os feixes de frequência sob a atmosfera numa intensidade que possibilitasse o recuo gravitacional para produção de ondas do tipo sonar sobre a própria ionosfera.

Nosso limitado equipamento era capaz de compor verdadeiras obras de arte sobre a atmosfera de nosso planeta como um imenso televisor que transmitia mensagens de nossos líderes e cientistas, animações, peças teatrais, e outras formas de cultura para todos os habitantes da cidade.

Aprendemos bem cedo que espectros de luz diferentes não se anulavam e a interferência angular de uma variante sobre a outra era praticamente nula. Chegamos à conclusão que um agrupamento de espectros gerava uma faixa visível para uma estrutura biológica que tivesse conectada a corresponder com tais variações.

Então fizemos um longo trabalho de agrupamentos de espectros até chegarmos a um número astronômico de combinações que não se interceptavam. Deslocamos nosso conhecimento de transmissão para tais faixas e conseguimos sintetizar imagens fantasmagóricas sobre estes cenários não perceptíveis.

Passamos a construir mundos e universos com propriedades próprias que obedeciam ao contexto que o usuário desejasse para seu desenvolvimento. Conseguimos criar matéria a partir da combinação espectral sem jamais interferir em outro contexto existencial.

Elaboramos um decodificador que permitia ao acoplado interagir com seu mundo individual. Chegamos ao exagero de cada habitante ter seu canal exclusivo de interação com esta projeção lúdica. Lá as pessoas podiam criar seres vivos, construções, brincar com a lógica, trazer para seu mundo particular as feições dos seres que amava e reproduzir uma história com tais miragens que mais se adequasse à sua necessidade cognitiva.

Mas esbarramos no primeiro momento em deslocar o corpo físico e espiritual para dentro da realidade fabricada sem que com isto destruíssemos a essência vital e verdadeira do indivíduo.

Foi aí que tivemos contato com outras civilizações em mesma escala evolutiva. Trocamos nossas experiências até conseguirmos inicialmente migrar elementos de massa para outras dimensões. Depois os Antarianos nos ensinaram como preservar a essência do espírito e migrou para nós esta valiosa informação.

No princípio nossas cidades se esvaziaram. Poucos queriam viver uma vida condicionada a interação no jogo de interesses e conflitos com outros seres vivos. A migração em massa para isoladas dimensões pareceu ser o fim do princípio de sociedade. Nossos filósofos passaram a questionar a legitimidade da sociedade de um só indivíduo. Onde a coexistência era entre si e projeções astrais de mundos virtuais.

Foi uma era de satisfação plena, pois cada indivíduo apoderou-se de gerar para si tudo o que antes estivesse reprimido, porém o vazio da ausência do conflito, da conquista real, da negociação de múltiplos em face de um só, da derrota, do fracasso, do reconhecimento verdadeiro, do afeto, da coletividade,... fez que nossos habitantes aos poucos retornassem para nosso mundo real para poderem trocar afetos e experiências.

Criamos uma estrutura de auxílio para aqueles que ficaram presos em suas redes mentais de pensamento. Passamos a deslocar profissionais de vez em quando para os multiversos para saber o processo de encapsulamento dos Cacefalanos sobre si mesmos dentro da redoma de satisfação que eles próprios criaram.

Buscamos não interferir sobre sua projeção. Assumimos, portanto as formas válidas de interação com aqueles mundos específicos fabricados e com um entrante em seu cérebro projetamos conceitos de coletividade que os fizessem despertar para o mundo em que nasceram para saber se era do desejo destes retornar para reencontrar seus irmãos e irmãs siderais.

Depois de um longo repensar da tecnologia, muitos partiram novamente para migrarem para regiões virtuais de realidade compartilhada, onde se desejava uma civilização que seguissem regras conjuntas para alcançarem um objetivo comum. Outros acabaram por assumir suas vidas isoladas em seus contextos individuais e uma grande parte resolveu se tornar um andarilho para passar de universo a universo virtual como uma forma de aprendizado psíquico referente ao ser que a construiu.

Então para a promoção e retorno da vida coletiva criamos incentivos que faziam os indivíduos em determinadas datas cósmicas se encontrarem em nossa capital para mostrarem as potestades criadas em cada seu universo particular, ou de rede social ou grupal, ou de simplesmente viajantes ou expectadores de mundos fractais.

Num mundo onde o controle e manutenção das máquinas é auto gerenciável seus habitantes só tem a nítida preocupação de satisfazer às necessidades de autorrealização e autoconhecimento para suportar uma vida ilimitada.

 

Assim digo, assim foi feito, assim se cristaliza a história dos cacefalanos.

Kpac

 



12/05/2014 - Max Diniz Cruzeiro
Eu quero participar!
Faça seu comentário

Critério

Crítica
Sugestão
Ideia
Desabafo
Elogio
Sentimento
Outro

Título


Somente palavras e/ou números

Seu comentário

Somente palavras e/ou números em português ou inglês
Limite de 500 caracteres.

Nota

-100 a +100

Cidade

Estado

País


Organização e ordenação de Registros Textuais
OortBook® organizando informações para melhor atendê-lo!




Max Diniz Cruzeiro

Electronics Technician

Bachelor of Statistics

Post graduate in Clinical and Business Psychopedagogy

MBA in Marketing and Social Networks

Postgraduate in Clinical Neuroscience

Postgraduate in Psychoanalytic Theory

Doctor PhD Student in Philosophy - Psychology: Cognitive

Self-taught Writer

Self-taught Ufologist

Specialist Self-taught in Remote Sensing

100% of the production of texts is in Portuguese!
95% of text production is in English!
90% of the production of texts is in Spanish!
The records from 2105 to 52104 is a great mechanical phrase writing experiment crafted in excel!









ADIÇÃO (26/MAR/2017) NO SITE LenderBook

INSAUT MATERIAL PRINCIPAL DA LENDERBOOK



Listar índice completo...





Previsão para Setembro de 2016













The film contains technology information!






Release (Book of Knowledge): Pay for this book the price of a Fast Food your city in our donation systems (paypal or Pague seguro).

Lançamento (Livro do Conhecimento): Pague por este livro o preço de um Fast Food da sua cidade em nossos sistemas de doações (Pague seguro ou paypal).


Version Original +- 4,3 MegaBytes
].....[
Version with Art +- 75 MegaBytes
].....[
Doando você estará ajudando alguém através de nossos projetos














Amigos,
Bom dia,
Ofereço serviços de impressão a Laser frente e verso de excelente qualidade:
Regra: o trabalho deve estar digitalizado e não necessitar de qualquer tipo de revisão
Especificação: Folha A4
Valores:
Apenas toner preto: 15 centavos cada página
Com toner colorido: 30 centavos cada página

Obs.: Não é serviço de xerox a qualidade é igual a impressão de livro. Não fazemos desconto. Os valores de impressão para este tipo de serviço no mercado é de 25 centavos para toner preto e 1 real para toner colorido.
Se souberem de algum estudante que queira imprimir algum trabalho de alta qualidade repasse o meu e-mail por favor. Conforme o volume entrega no dia seguinte. Serviço realizado no período noturno. Necessário pedir com antecedência para entrar na fila de impressão.
Enviamos o material impresso através dos Correios para sua casa (Impressão + custos de envio). Aproveite a oportunidade selecione nossos textos que enviamos para você o seu arquivo digital impresso. Pagamento antecipado via paypal ou pagseguro.
lenderbook@gmail.com

A rede social da Cultura Brasileira
Disponível para todos que nutrem um amor inconfundível por esta pátria chamada Brasil.

Uma iniciativa do Ministério da Cultura - Governo Federal




Site designed and supervised by Clinical Neuroscientist.

Site desenvolvido e orientado por Neurocientista Clínico.

Max Diniz Cruzeiro



Welcome to Heavenly groupings

The brothers who are outside the celestial vault,

thanks for your existence,

Come to us all that comes from you what is good,

Is made a conscious and collective will,

On Earth as elsewhere

Let us be worthy of our own support

Spare us the misunderstanding that arises from our essence

Just as we are able to reflect and

limit the badly that arises within us and in relation to other beings

If you know of any fault of mine, show me the way to recover.

To build together a heavenly nation for the common good.

Bem-Vindos aos agrupamentos Celestiais

Aos irmãos que estão fora da abóboda celeste,

obrigado pela sua existência,

Venha a nós tudo o que procede de ti que for bom,

Seja feita uma vontade consciente e coletiva,

Assim na Terra como em outros lugares

Sejamos merecedores de nosso próprio sustento

Perdoai-nos a incompreensão que aflora de nossa essência

Assim como somos capazes de refletir e limitar o mal que aflora dentro de nós e em relação a outros seres

Se souberes de alguma falta minha, me mostre o caminho para me recuperar.

Para construirmos juntos uma nação celestial para o bem comum.

We need financial resources for the translation of our texts and if you are able to perceive a human gain in your life with our information please consider donating to our activity.

Nós necessitamos de recursos financeiros para a tradução de nossos textos e se você é capaz de perceber um ganho humano em sua vida com nossas informações favor considerar a possibilidade de fazer doações para nossa atividade.










The star contains more than 2,000 pages of information!






Insaut - Pular Informações corporativas e ir para o texto


10 ANOS DE LENDERBOOK





INSAUT TOP