ministério da cultura

:: II Fórum ABA Brasília de Comunicação Digital


II Fórum ABA Brasília de Comunicação Digital

12 de agosto de 2014 – Brasília/DF

 

O Universo Digital – Panorama e Tendências

Desvendando o Big Data – Compartilhamento de Conhecimento – Comportamento do consumidor.

Por:

Cezar Taurion, Consultor em Novas Tecnologias

Camila Masetti, CMO Global da Dynadmic........ .

 

Segundo Taurion vivemos em uma sociedade interconectada. Os eventos são visualizados em tempo real. Isto provoca mudanças significativas no ambiente, transformando-se em matéria prima ao mundo digital.

Hoje a internet como um grande pilar de transformação foi capaz de conectar cerca de 50% do planeta. E espera-se que em 2025 esta projeção atinja 80% totalizando algo em torno de 6 bilhões de pessoas.

No Brasil se comparado o atingimento global já foi possível conectar 50% da população, o que representa um pouco mais de 100 milhões de habitantes conectados. Se formos considerar a evolução da rede, em 2007 podemos dizer que adquirimos um computador de bolso – isto em menção aos modernos aparelhos de celulares portáteis tipo Smartphone. E em 2014 os celulares do início desta revolução tecnológica apresentam uma velocidade de processamento 40 vezes maior que o princípio de sua geração.

São mais de 300 mil tuites por minuto e mais de 1,8 Milhões de acessos por minuto também. As informações circulam muito rápidas. O que nos assusta é a velocidade em que as informações dominam a rede ao mesmo tempo em que toma proporções gigantescas no mundo conectado. Estamos aproximando dos 25 anos de criação do ambiente www. Se recordarmos grandes transformações ocorreu recentemente. Em 2007 houve o surgimento do Iphone, em 2010 Ipad. Hoje temos mais de 1,3 bilhões de usuários conectados em redes sociais. O Brasil é o 3º país do mundo em população conectada em redes sociais.

Quem quiser aprofundar sobre o assunto poderá efetuar a leitura do livro The new Division of Labor - How Computers Are Creating the Next Job Market e entender como o fenômeno da internet vem modificando as relações entre os seres humanos.

Antes se acreditava no uso do computador como um operador lógico para o processamento de contas. Atividades humanas e cognitivas não se imaginavam para o uso do computador. A materialização do impossível toma forma quando observamos que para ações de alta complexidade como dirigir um veículo, em algumas ruas já percorrem carros automáticos que trafegam sem a necessidade de motoristas. Para a Volkswagen, por exemplo, o novo modelo está abrindo portas para uma mudança de concepção em vez de fábrica de automóveis, para fábrica de mobilidade social. E esta transformação do impossível transcorreu de 2004 para cá.

Mas embora o avanço tecnológico não aparente a imposição de limites, ainda é difícil ao computador interpretar, por exemplo, relações de ironia e sarcasmo. Então vivemos num micro tempo em que o algo que era impossível para a coisa que hoje funciona está ativa em um ambiente de falhas.

Não muito distante, em 2005 com a mudança papal poderíamos observar no Vaticano uma multidão de fieis que esperavam pelo anúncio do novo papo entre orações e em silêncio, enquanto em 2013 a escolha do Papa Francisco lotou uma praça de devotos que iluminavam e monitoravam com seus modernos aparelhos portáteis a mudança de comando no Vaticano.

Imagina como a comunicação se dissemina hoje? Temos uma geração digital. Onde o endereço para os jovens é um endereçamento do estilo joaozinho@gmail.com e muitos hoje em dia não conseguiriam imaginar o mundo sem internet.

Talvez a brincadeira de criança da descoberta da sexualidade imaginária faça encontrar duas crianças em que uma diga para a outra que sua configuração é diferente, pois ela está equipada com antena Wi-fi e a outra criança possua uma entrada USB.

Brincadeiras à parte, computação não é algo mais exclusiva de computadores é a nossa maneira de plugar. Para endossar esta lógica com nossos modernos sistemas de integração fazemos coisas hoje que apenas os funcionários das empresas aéreas faziam antes. Ninguém entra mais em site de hotel sem perguntar antes a existência de um sistema Wi-fi?

O digital é parte inerente à vida moderna. Não temos mais como separar os dois mundos. Quando se vende um livro hoje é possível ter características da comercialização e da própria leitura. O sistema Kindle permite que se colham informações da hora da leitura, da forma em que a pessoa lê e pula de uma página para outra, se houve o abandono da leitura, que páginas houve maior releitura,... Você não lê mais sozinho!

Estamos numa sociedade cada vez mais conduzida e impulsionada por dados. Temos um contexto em que tudo o que fazemos todo dia está em constante registro digital. Até a postura corporal em alguns sistemas está nitidamente identificada. Todo o contexto da sociedade direcionada por dados está mapeado. Antes do microscópio os vermes já existiam, com o advento do aparelho o que mudou foi a forma do indivíduo acessar e ver o mundo. Assim também é a rede de computadores que se aperfeiçoa rapidamente.

O Big data está abrindo esse mundo que já existia e está abrindo portas para sua visualização. Antes apenas nos baseávamos no passado distante para tentar fazer uma relação para com o futuro. Sabíamos relacionar todas as compras que um cliente fazia com um negócio, mas nada se sabia dos relacionamentos deste com a concorrência. Agora é possível fazer isto rastreando a informação que o cliente deixa ao manifestar sua satisfação frente ao seu impulso de compra ao compartilhar na rede social suas impressões sobre os produtos que adquiriu.

Chegamos ao ponto que recebemos twitter de nossos objetos que adquirimos para nos informar da necessidade de revisão do veículo devido um desgaste maior sobre a roda esquerda. Ou geladeiras que encaminham mensagens para seus usuários domésticos avisando da necessidade de passar no mercado para que compre um produto que esteja faltando dentro de si.

Big data tem um papel muito importante em todos os segmentos produtivos. No mapeamento, por exemplo, na internet de uma epidemia de gripe antes mesmo que o caso venha a ser confirmado no advento da elevação do número de consultas, em diversas previsões de padrões de comportamento baseado em eventos de grandes proporções de incidência imediata, no mapeamento de surtos de doenças contagiosas das mais variadas formas de ação, projeção da inflação momentânea,... É possível estabelecer mapas completos sobre a natureza dos dados, inclusive o viés positivo ou negativo de um texto.

Quanto estou deixando de vender? Podemos ficar parados? Dez anos atrás não existi uma linguagem natural semântica em sintonia com computadores. Hoje isto é uma realidade. Quem sabe daqui alguns dias o carro vá sozinho fazer uma revisão programada?

Taurion conclui que não temos mais tempo para pensar em estratégias digitais. O mundo já está conectado.

Camila Masetti introduz o cenário das redes sociais com uma pergunta clássica: Como vocês fazem um amigo? Afirma a consultora que hoje a resposta não é específica a um só lugar, não é estar no lugar certo na hora certa. É uma questão de sorte e interesse comum. É o interesse que cria a conexão. Que por enquanto ele pode ser percebido pelo compartilhamento comum de interesses quanto ao uso das empresas, das marcas e da vida social. Esses elementos determinam a divisão dos grupos nas redes sociais.

O mundo dos negócios o marketing se segmenta em criação, mídia, interesse e sorte. Ainda as tecnologias são muito focadas na sorte. Quem está no lugar certo e na hora certa? São as características que fazem as pessoas. A concepção da nova geração é que todo mundo é um pouquinho de tudo e não podemos mais definir uma pessoa pelo seu endereçamento de ip ou através de um hiperlink.

Na internet toda hora as pessoas estão vendo vídeos diferentes, pois aquele é o interesse dela no momento. E hoje com o Big Data podemos ver exatamente o que a pessoa está fazendo. Existe uma monitoração constante do conteúdo digital. Para que haja uma ideia é possível captar a imagem e o som de um vídeo que um usuário comum esteja acessando na internet e o Big Data direcionar a propaganda seguinte sobre o assunto que está sendo visualizado. Até mesmo se o sistema captar um ruído de motor, identificar o tipo de veículo e oferecer na próxima tela aqueles veículos que tenham relação semântica com o ruído captado anteriormente. Atualmente é possível mapear até 1 bilhão de vídeos por dia para monitorar o que os usuários da rede assistem.

É possível graças ao Big Data estabelecer uma granularidade maior podendo-se categorizar pelo tipo sexual, pela comida favorita, a revista que lê, o estilo de vida,... É possível catalogar alguém fazendo um target semântico, por evento, por celebridade, marcas,... criando conexões diretamente com a audiência.

Um erro de uma estratégia de marketing na divulgação de um evento ou episódio pode dar espaço para responder de forma positiva com uma vantagem ainda maior para a empresa. A internet é um grande espaço de comunicação que permite interligar dois mundos. Hoje é importante sincronizar campanhas digitais.

É possível vincular anúncios vinculados ao que está ocorrendo em TV. Também associar um anúncio ao clima da pessoa que está acessando uma informação de seu interesse e despertar nela como uma lembrança a necessidade do produto que se encaixe de forma suave ao contexto em que o usuário da rede se encontra (Targeting Clima). Também é possível fazer uma exclusão de anúncios frente a um quadro em que o usuário se encontre em que a insatisfação momentânea não traduz um bom momento para relacionar à marca (Negativação).

Em função do tempo real é possível dar maior ou menor importância as informações coletadas na internet por parte dos usuários. Então tempo e informação é dinheiro. Não muito comum na Europa e EUA algumas lojas estão se especializando em colocarem sensores em suas entradas em que o estado de humor dos clientes que chegam à loja é identificado e as informações são repassadas para os vendedores que estão preparados a orientar a compra conforme as informações emocionais monitoradas. Também existem lojas em que manequins possuem sensores óticos que estimam a altura, peso, estilo e dados dimensionais e projetam no monitor da vitrine uma roupa que se adere perfeitamente ao número e formato do corpo do cliente.

 

Como Otimizar os Investimentos de sua Marca em Sites, Blogs e Redes Sociais

Por:

Marco Gomes,

 fundador da Boo-box; Co-fundador do Mova+ e Consigliere do Jovem Nerd.

João Carlos Pastore Chieregati,

Diretor de Negócios do Facebook Brasil.

 

 

Gomes, um jovem talento que já discursou nas Nações Unidas, refere que o poder da comunicação era centrado pelo detentor de mídia antes da expansão da rede de computadores. Hoje cada pessoa conseguiu ter a sua própria rádio, editora, revista e player.

A mídia é pulverizada, no início da internet era concentrada basicamente em 6 grandes portais (2004). O grande propulsor deste advento foi o próprio algoritmo do Google que possibilitou que sites específicos terem uma maior relevância ao efetuarem uma busca sobre uma informação contida na rede.

O Empresário relata que atualmente 571 novos sites e blogs entram no circuito da rede por minuto. Realça que atualmente o Brasil possui 105 milhões de usuários conectados. E 90% deste total está inserido em pelo menos uma rede social. Hoje 86% dos blogueiros são considerados influenciadores de opinião. A mídia social é o lugar onde o internauta mais navega. E 79% dos usuários de internet usam blogs no Brasil. Afirma Gomes que somos o segundo lugar no mundo em acessos em redes sociais.

Os usuários usam conteúdo e produtos ao mesmo tempo. Cita como exemplo a premiação em 2005 em comunicação, sendo o primeiro veículo online a ganhar um prêmio desta natureza pelo seu fator de agregação de conteúdo e inovação, do blog The Huffington Post que formulou notícias através de posicionamento político em que atraiu milhares de pessoas.

É importante definir o público alvo e enviar o convite ao consumo apenas para este público. É preciso parar de fazer publicidade segmentada no veículo para uma forma de interação que se segmente sobre o perfil da pessoa. Hoje a Boo-box possui uma rede segmentada com mais de 500.000 blogs e sites com um total de 60 milhões de pessoas por mês.

Pastore transmitiu a visão do Facebook com foco nas agências de negócios de marketing. E citou dicas de como otimizar os investimentos da marca dos empreendedores no Facebook. Segundo o Diretor de Negócios o Facebook é mais que uma rede social é um canal de mobilização. O bem mais valioso que temos hoje é o tempo. Cada vez mais as pessoas estão conectadas na internet. Então a empresa Facebook está preocupada em saber o que está acontecendo no mundo real, pois carrega a percepção que o mundo é feito de histórias. Qual a relação das pessoas com quem você se relaciona? Quais as histórias que são contadas?

A empresa visualiza que cidadãos estão procurando informações sobre o que são importantes para elas. Ao todo a empresa possui no Brasil 87 milhões de usuários por mês, dentre os quais 63 milhões utilizam o Facebook via celulares. Todos os dias 1 em cada 4 brasileiros acessam o Facebook. Dos quais 35 milhões por dia só através de celulares. O diretor estima que 40% dos brasileiros acessam e usam o Facebook ao mesmo tempo representa 40% a mais que toda a audiência de rádio no país. Por dia o Facebook consegue conectar 2 vezes mais que a concorrência, quando faz menção ao Jornal Nacional da Rede Globo de tv, 1,3 mais que o UOL, 1,6 mais que a Globo.com e 1,7 vezes maior que o Terra.

Boa parte do acesso é por tablet, Smartphone e computador pessoal respectivamente. A empresa registrou 350 milhões de pessoas que falaram sobre o tema copa do mundo, num total de 3 bilhões de interações somente sobre a copa, sendo que 83 milhões delas somente no jogo de final da copa.

Segundo o diretor houve um compartilhamento expressivo dos Memes no jogo do Brasil x Alemanha em que o placar ficou 1 x 7 respectivamente.

A Empresa afirma que possui em sua base 82 milhões de usuários acima de 18 anos. Algo em torno de 50 milhões de negócios, 9,2 milhões de pessoas que têm filhos e 1,80 milhões de usuários declarados cuja procedência é o Distrito Federal. Enfatiza que o tipo de comunicação possibilita a fala de forma relevante. Cerca de 40% do tempo de navegação está no News Feed.

O diretor de negócios afirma que o Facebook sozinho não substitui a televisão, mas serve como um canal complementar de mídia.

 

 

 

 

 

 

 

Painel: Experiências de Sucesso em Comunicação Digital.

Case BB – Giacometti e Porta dos Fundos

Fábio Cunha,

Gerente de Divisão de Publicidade do Banco do Brasil.

 

Case Secom: Leo Burnett

Ana Carolina Silveira,

Diretora de Mídia da Secom

Lendro Fujita,

Diretor de Mídia e Inteligência digital da Leo Burnett

 

Cunha sinaliza que o tamanho do Banco do Brasil é uma força que gera um enorme problema de comunicação. O banco apresentava uma enorme dificuldade em acessar o público jovem.

A questão central era como se chegar ao cliente? Como estabelecer um diálogo? A necessidade era dar continuidade de estratégia de marketing que traduzisse o posicionamento estratégico. Então por que não estar junto ao cliente em sua fase universitária? Para isto era preciso estar onde o cliente se encontrava, para isto o Banco optou em ampliar seu contato na rede social, principalmente no Facebook, Twitter e Youtube.

Então a Giocometti propôs ao Banco do Brasil 4 filmes que abordavam a estratégia da empresa. Tatá Werneck em “Casamento” aborda um destes quatro episódios de grande repercussão desta estratégia.

A internet tem 60% mais afinidade que a televisão entre os jovens, capacidade engajamento e relevância. Desenvolver uma plataforma de comunicação harmoniosa com geração de relevância recíproca é fundamental para extrair benefícios da rede.

Em janeiro os Blogs geraram uma grande relevância ao FIES, sendo o 3º mix mais acessado no Youtube. O Buzz Marketing nas postagens dos perfis dos atores dos filmes recentemente contratados geraram um motor de atratividade relevante para o Banco. Em relação aos Blogs a linguagem destes deve estar coerente com a proposta de marketing.

A última campanha possibilitou uma adição de fãs no FaceBook da página do Banco do Brasil de 285.850 novos usuários, sendo 2.966.348 novas visualizações, totalizando 56.806 compartilhamentos com 19.576 comentários. Só no Youtube foram 1.738.345 acessos aos vídeos. Os banners foram acessados 253.222.572 vezes com 4.070.233 cliques. Como resultados reais da campanha para a administração da coisa pública o Banco do Brasil saiu de 67.850 aberturas padrão para o período de novas contas para um total de 101.270 novas contas. Sendo que 63% destas novas contas foram de jovens. Houve um aumento significativo de 185% das operações realizadas via celular.

 Ana Carolina Silveira que representou a Secretaria de Comunicação da Presidência da República colocou sua abordagem em que a Secom também é um forte anunciante. Em que a secretaria iniciou sua experiência na rede em 2012.

A estratégia de ação da Secom no meio digital objetiva levar informações públicas para o contribuinte. Então o grande desafio da Secretaria era como trabalhar com os resultados. No final de 2011 o dilema era como dar atenção a internet cujo crescimento era massivo e rápido.

Assim era necessário considerar o meio. Havia necessidade de se estruturar nos órgãos e nas agências. Isto faz parte da estrutura necessária de execução.

Discutir qual seria a abordagem para se trabalhar com a gestão de contas públicas era uma dimensão muito importante que necessitava ser amplamente discutida e avaliada. Quais as características de perfil para esta compra de mídia? Havia uma força de foco nos órgãos de fiscalização e controle (TCU). Então o grande questionamento era por que destinar verbas para um site em vez de outro? Qual era a probabilidade da geração de resultados no trato do dinheiro público?

Então a Secom partiu para um planejamento já definido no início do ano e se dedicou a execução da estratégia pública. E passou a não visualizar características por campanha.

Para Fujita, a primeira medida foi entender como comercializar. O costume da agência quanto ao mercado privado foi amplamente avaliado. Entender os motivos das privações no processo licitatório era uma premissa realista e premente. Cabia ressaltar que os critérios para estabelecimento de contrato com a iniciativa pública não são impostos, mas sim discutidos com o mercado como um todo.

A operacionalização teve uma característica de montar uma operação única para cada campanha específica. A vontade de todos os envolvidos era de fazer a inclusão do modelo digital de marketing acontecer. Então vinculou-se muito o trabalho em equipe após cada um entender a sua função no processo, após uma ampla discussão por resultados.

A Secom criou uma série de indicadores de resultados. Então o problema que se seguiu foi determinar qual o melhor indicador a seguir. Era preciso entender o mercado como um todo. Tem-se que sair do vício de escolher o processo mais barato para o mais inteligente.

Foi necessário criar um banco de dados para cadastrar o maior número de veículos de comunicação. Não é uma única ação que estava em jogo: dados de audiência, dados por ações, cruzamentos entre o planejado e o realizado, clientes e agência, busca para atingir um perfil do usuário para a ação ser mais consistente.

Ao todo a Leo Burnett realizou 18 campanhas em 2013 atingindo 27 estados em que cada um foi programado para efetuar campanhas publicitárias. Utilizou-se 313 veículos publicitários.

A grande vitória foi a regulamentação junto as redes sociais como o Twitter em busca de uma melhor transparência. Devido à demanda de trabalho requerida pela Secom, segundo o direcionamento de regionalização e desconcentração, conseguimos promover e movimentar o mercado digital, buscando sempre transparência para um meio de audiências auditadas e orientação técnica para garantir a presença contínua, ampla e atrativa do Governo Federal na internet para atuação nas plataformas digitais.

Houve o desenvolvimento de campanhas de audiência em cima de plataformas móveis. Muitas discussões já foram feitas no passado, hoje tem que partir do mercado o processo de regulamentação e não esperar somente do governo há que se ter critérios.

Para os novos critérios foi preciso traçar métricas. Segmentar atribuições entre Secom, Agência de Publicidade e Agência Digital. A grande conquista foi o planejamento de compra em uma linguagem regionalizada.

A eficiência foi atingida. Foi possível obter a comparação de características de campanhas diferentes; forma colaborativa de propagação; inteligência de mercado digital; 2000 peças produzidas, sendo uma média de 15 por dia; em 133 dias consecutivos estar no ar 3,2 campanhas por dia; 3,6 milhões de visitas no Portal Brasil; 53 milhões de usuários únicos; 200.000 novos fãs em 2014; e, mais de 500.000 visualizações de vídeo do Governo Federal.

Impressões catalogadas do  II Fórum ABA Brasília de Comunicação Digital - Por Max Diniz Cruzeiro

 



13/08/2014 - Max Diniz Cruzeiro
Eu quero participar!
Faça seu comentário

Critério

Crítica
Sugestão
Ideia
Desabafo
Elogio
Sentimento
Outro

Título


Somente palavras e/ou números

Seu comentário

Somente palavras e/ou números em português ou inglês
Limite de 500 caracteres.

Nota

-100 a +100

Cidade

Estado

País


Organização e ordenação de Registros Textuais
OortBook® organizando informações para melhor atendê-lo!



Este sitio respeta su modelo económico. Si usted es capitalista como para darse cuenta de las ganancias en el consumo de nuestros productos y servicios a pagar el valor monetario en relación con una parte de mérito en su nombre. Si el modelo se piensa pago Socialista con algún beneficio social que puede contribuir a la actividad de LenderBook. Si su modelo de pensamiento es la participación comunista y extender su ventaja a nosotros como pago.

Max Diniz Cruzeiro

Electronics Technician

Bachelor of Statistics

Post graduate in Clinical and Business Psychopedagogy

MBA in Marketing and Social Networks

Postgraduate in Clinical Neuroscience

Postgraduate in Psychoanalytic Theory

Doctor PhD Student in Philosophy - Psychology: Cognitive

Self-taught Writer

Self-taught Ufologist

Specialist Self-taught in Remote Sensing



:: A LenderBook recebe as seguintes moedas de troca por suas atividades:

# Conhecimento;

# Benefícios;

# Dinheiro em Espécie;

# Melhorias;

# Expansão Programada;

# Bens, produtos e Serviços;

# Valoração de nossas atividades (Imagem);

# Destaque e Reconhecimento

# Canalização de recursos para nossos players a fim de que o desenvolvimento percebido contemple nossas atividades.

Os pagamentos seguem de acordo com o Modelo de Percepção Econômica de nossos Clientes cuja base principal é a visualização de um BENEFÍCIO DE NOSSO CLIENTE em que uma parcela do GANHO DE NOSSO CLIENTE é revertido em moeda de troca para a Atividade da LenderBook de acordo com a consciência do CLIENTE. Nossos clientes estelares podem efetuar o pagamento conforme os meios legais estabelecidos dentro de seus agrupamentos e seus parceiros no planeta terra.

Max Diniz Cruzeiro

Agradecemos a todos os nossos Clientes Estelares que já efetuaram o pagamento das atividades nos encaminhando via telepatia projetos para a LenderBook COMO FORMA DE PAGAMENTO.

Agradecemos todos os nossos Clientes Capitalistas que já efetuaram a compra de nossos livros através da AMAZON

Agradecemos nossos Clientes Comunistas, em especial a Coreia do Norte, por INTERMÉDIO de sua Embaixada, pela retribuição inicial de um Jantar EM SUAS INSTALAÇÕES, como pagamento de nossas contribuições até o momento.

Agradecemos aos nossos Clientes Socialistas, principalmente amigos que contribuiram extendendo benefícios em suas horas de recreação, lazer e alimentação.


CLIQUE NA IMAGEM ACIMA: Neuroempreendimentos Aqui ensinamos você montar a Rede Neural de sua Atividade Empresarial!

:: Relatório do Concurso Whatsapp

Torno público todo o aprendizado, do concurso Whatsapp, que já encaminahdo para o SENADO FEDERAL e para o MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO.

O intuito deste informativo é a leitura seletiva, para que cada setor apenas adquira a informação relativa a sua área, caso você deseja fazer a leitura integral será de responsabilidade do leitor em saber das informações aqui catalogadas. É permitido divulgar essa informação nestes moldes para quaisquer seguimentos. (37 páginas de word) Para acessar entre na LenderBook

Atenciosamente,

Max Diniz Cruzeiro

LenderBook Company

www.lenderbook.com




100% of the production of texts is in Portuguese!
95% of text production is in English!
90% of the production of texts is in Spanish!
The records from 2105 to 52104 is a great mechanical phrase writing experiment crafted in excel!









ADIÇÃO (17/Jul/2017) NO SITE LenderBook

INSAUT MATERIAL PRINCIPAL DA LENDERBOOK



Listar índice completo...





Previsão para Setembro de 2016














CLIQUE NA IMAGEM ACIMA: Neuroempreendimentos Aqui ensinamos você montar a Rede Neural de sua Atividade Empresarial!


The film contains technology information!










Release (Book of Knowledge): Pay for this book the price of a Fast Food your city in our donation systems (paypal or Pague seguro).

Lançamento (Livro do Conhecimento): Pague por este livro o preço de um Fast Food da sua cidade em nossos sistemas de doações (Pague seguro ou paypal).


Version Original +- 4,3 MegaBytes
].....[
Version with Art +- 75 MegaBytes
].....[
Doando você estará ajudando alguém através de nossos projetos














Amigos,
Bom dia,
Ofereço serviços de impressão a Laser frente e verso de excelente qualidade:
Regra: o trabalho deve estar digitalizado e não necessitar de qualquer tipo de revisão
Especificação: Folha A4
Valores:
Apenas toner preto: 15 centavos cada página
Com toner colorido: 30 centavos cada página

Obs.: Não é serviço de xerox a qualidade é igual a impressão de livro. Não fazemos desconto. Os valores de impressão para este tipo de serviço no mercado é de 25 centavos para toner preto e 1 real para toner colorido.
Se souberem de algum estudante que queira imprimir algum trabalho de alta qualidade repasse o meu e-mail por favor. Conforme o volume entrega no dia seguinte. Serviço realizado no período noturno. Necessário pedir com antecedência para entrar na fila de impressão.
Enviamos o material impresso através dos Correios para sua casa (Impressão + custos de envio). Aproveite a oportunidade selecione nossos textos que enviamos para você o seu arquivo digital impresso. Pagamento antecipado via paypal ou pagseguro.
lenderbook@gmail.com

A rede social da Cultura Brasileira
Disponível para todos que nutrem um amor inconfundível por esta pátria chamada Brasil.

Uma iniciativa do Ministério da Cultura - Governo Federal




Site designed and supervised by Clinical Neuroscientist.

Site desenvolvido e orientado por Neurocientista Clínico.

Max Diniz Cruzeiro



Welcome to Heavenly groupings

The brothers who are outside the celestial vault,

thanks for your existence,

Come to us all that comes from you what is good,

Is made a conscious and collective will,

On Earth as elsewhere

Let us be worthy of our own support

Spare us the misunderstanding that arises from our essence

Just as we are able to reflect and

limit the badly that arises within us and in relation to other beings

If you know of any fault of mine, show me the way to recover.

To build together a heavenly nation for the common good.

Bem-Vindos aos agrupamentos Celestiais

Aos irmãos que estão fora da abóboda celeste,

obrigado pela sua existência,

Venha a nós tudo o que procede de ti que for bom,

Seja feita uma vontade consciente e coletiva,

Assim na Terra como em outros lugares

Sejamos merecedores de nosso próprio sustento

Perdoai-nos a incompreensão que aflora de nossa essência

Assim como somos capazes de refletir e limitar o mal que aflora dentro de nós e em relação a outros seres

Se souberes de alguma falta minha, me mostre o caminho para me recuperar.

Para construirmos juntos uma nação celestial para o bem comum.

We need financial resources for the translation of our texts and if you are able to perceive a human gain in your life with our information please consider donating to our activity.

Nós necessitamos de recursos financeiros para a tradução de nossos textos e se você é capaz de perceber um ganho humano em sua vida com nossas informações favor considerar a possibilidade de fazer doações para nossa atividade.













The star contains more than 2,000 pages of information!








Insaut - Pular Informações corporativas e ir para o texto


10 ANOS DE LENDERBOOK





INSAUT TOP