ministério da cultura

:: O bebê, o corpo e a linguagem


O bebê, o corpo e a linguagem

O mecanismo de compreensão do processo de linguagem em torno do bebê faz acender a necessidade a relevância da significação do aprendizado em torno das etapas que transcorrem ao redor da fase do berço em que se vinculou cientificamente a ser denotada como fase neonatal que compreende do nascimento até o 18º mês de vida da criança.

Quando Freud apresentou ao mundo seu conceito de pulsão de morte, meio século depois foi suficiente para despertar o interesse científico em que a visualização da criança como um sujeito passivo deu lugar à visualização de uma criança ativa em que seus processos de transformações do constituinte psíquico, sua elevação para a concepção de pessoa com direitos e princípios de dignidade que deveriam estar consonantes ao seu desejo e manifestação etária, buscou-se evidenciar as fragilidades e o desamparo que deveriam orientar as preocupações dos pais e pessoas ligadas diretamente ao cuidado da criança no sentido de fazer com que esta pulsão de morte não representasse um perigo de integridade que provocasse sobre a criança o despertar do desprazer pela vida em sua jornada incipiente.

O processo de “psiquização” da criança é um aprendizado muito importante que estudiosos, pais e tutores devem assimilar para que seus pequenos desenvolvam-se dentre de padrões de harmonia para surgir desta criança um abrigo em harmonia a um adulto feliz em que seus traumas não sejam tão robustos que o impeçam de encontrar sua autoestima elevada, sua satisfação e a sua alegria.

O que a grande humanidade ainda desconhece dos estudos Freudianos é que o nascimento do humano faz valer a identificação de um ser a princípio bissexual. Onde esta bissexualidade é uma representação laica para uma vida prematura em que o amor pelo pai e pela mãe por uma criança desperta sobre esta o desejo de possuir, ter, devorar, sentir e projetar que desencadeará em uma fase de complexo de Édipo.

Os seres humanos passam por vários complexos, que são a junção de aprendizados que ao se interconectarem reproduzem um espaço atemporal em que sucessivas indexações de conhecimento são acessadas ao mesmo tempo a formar características importantes na forma de traços mnemônicos por sobre o indivíduo que está em plena fase de desenvolvimento de sua psique.

O compleo de Édipo é um dos primeiros constituintes que se formam quando a criança deixa de notar sobre quaisquer objetos ao seu redor não uma extensão de seu corpo, mas a visualização de outro ser e por este motivo passa a perceber de forma mais intensa sobre a projeção do Outro dentro de si mesmo fazendo de seus pais os primeiros elementos aprisionados na etapa de formação do processo de linguagem e comunicação entre os seres.

A partir da oitava semana de gestação, conforme afirma Bernard Glose, os receptores do tato já se localizam em torno da boca em que a percepção tátil pode ser observada a partir do 12º a 13º semana de gravidez a experimentação tátil da boca já está desenvolvendo o bebê ao abrir e fechar a boca em que é perceptivo uma ritmização do movimento funcional.

Na 22º semana o feto já é capaz de provar o líquido amniótico. Estes fatos aliados a outros aqui não mencionados permitem chegar à conclusão que a formação dos sentidos humanos acontece ainda dentro do útero.

O constituinte psíquico traz fortes indícios de sua relação primitiva com este desenvolvimento da boca e a oralidade em que as relações ambivalentes do engolir e rejeitar, chuchar e expelir, entre outros mecanismos sugerem uma forte evidência que o princípio que rege o deslocamento do movimento excitatório do bebê em relação ao seu corpo serve de base para o avanço da sua constituição psíquica no sentido do fornecimento dos primeiros mecanismos de controle do espaço interno do indivíduo que os fazem preferir pelas pulsões de vida em vez das pulsões de morte.

Assim os mecanismos orais de apego, sucção, grito, possuir, agarrar, mastigar, formam poderosas estruturas de metapsicologia que são entes primitivos para a formação da psique da criança bebê.

Convém frisar que em sua fase inicial o indivíduo ainda não possui de um sistema de base egoica, nem tão pouco foi capaz de formar dentro de si um apanhado de informações ambientais que primeiramente são extraídas dos pais ou tutores para a formação do seu superego.

O fortalecimento de sua fase edípica e os laços com a estrutura de castração posterior a esta fase irão determinar os vínculos primários em que a indexação de novos conhecimentos deverá compor a trama neural do indivíduo até a sua fase adulta e em menos grau de modificação até sua quebra de vínculo com a existencialidade.

A linguagem surge de um processo de migração do estímulo de absorção para a dissociação da funcionalidade para o exercício de outra atividade que denota os primeiros indícios de oralidade, subjetividade, intencionalidade e o processo de comunicação propriamente dito.

Porém sobre o processo de comunicação entre bebê o mundo é primitivamente desencadeado pelo processo de choro, em que a criança se condiciona a percepção de seu desejo atendido com seu canto vocálico. Em que o processo meramente oral e mecânico ganha substâncias materiais em que um processo de assimilação para a satisfação de suas funções de auto-conservação nutre de uma necessidade temporária por se fazer sentir perante o mundo inóspito que se projeta por sobre a criança.

O mecanismo de satisfação que se forma nos primeiros meses de vida é um processo inconsciente sobre um contexto de tempo sexual pré-sexual. Nossos de erotismo vão sendo migradas para a criança através dos estímulos que lhe darão prazer e serão aprendizados muito valiosos sobre a forma de autoinvestimetno que esta criança será capaz de projetar sobre si mesmo ao longo do seu desenvolvimento etário.

O corpo é o berço da linguagem, assim como a linguagem é a consequência direta do aprendizado contínuo na manipulação e domínio do corpo. O corpo por ser encontrar no primeiro plano de observação se permite introjectar mecanismos de representação de si mesmo em relação ao mundo em que a resultante final deste processo será uma psique constituída de forma a gerar o humano que conhecemos.

A mãe tem um papel central na vida de um bebê, mesmo antes da concepção ela é capaz de trabalhar com um aspecto de fantasia sobre o surgimento do seu filho como uma abstração que será desmembrada de sua psique, e após o desencadeamento do parto será responsiva suficiente para gerar sobre si mesma uma fase de alucinação sobre o bebê em que o foco de seu exercício de guarda, tutela e segurança passam a configurar a primazia do bebê sobre sua própria existência. Ao passo que o pai cabe o extinto paterno de proteger seu filho do excesso de zelo por parte da figura materna, contornando o cuidar além do exigir da criança.

Então se o psíquico tem sua fundamentação de base corporal em que se mostra mais evidente o relacionamento da criança nas primeiras semanas de vida é perceptível dizer que as falhas de consciência, as desordens notadas na fase adulta, às ambivalências e demais mecanismos de afetação do psíquico tem direta correlação com os complexos que se formam a partir de tais pressupostos e observações.

A formação do ego representa um distanciamento do indivíduo da sua porção de passividade perante o meio para uma postura mais acentuada de sua atividade nos processos somáticos de percepção para com o mundo.

O grande fortalecimento da inconsciência do indivíduo é um forte indício da maturação dos mecanismos de processos de desenvolvimento da linguagem em que a ausência de uma estrutura de comunicação permite a formação de um mecanismo primário de projeção audiovisual na formação da trama cinética como forma de abstração do mundo até que o processo de linguagem seja estabelecido com o agrupamento em que a criança faça parte.

A linguagem gutural que se forma nos primeiros meses de vida, mais conhecida como mamanhês, é a aproximação dos pais ao ritmo e frequência do pensamento do bebê, em que a simulação de comunicação é um processo natural e determinante para dotar a criança de estímulos de segurança que a permitem identificar padrões sonoros em que o processo de repetição é geradores de insights que proporcionam a fixação mnemônica de atos mecânicos que são frequentes no dia a dia do bebê.

Um aspecto muito importante da relação entre mãe e bebê é o mecanismo de separação e/ou sacrifício que a presença do Outro na vida do bebê e em relação a sua mãe a este, transmite uma percepção de perda todas as vezes que a necessidade de distanciamento do berço psíquico é gerador de angústia e aflição para as partes.

Através da explicação deste mecanismo de simbiose, mãe e bebé podem passar por processos de sofrimento, dor e até mesmo depressão havendo a necessidade de um terceiro elemento que sirva de compensação para que a sensação de perda não resulte em estados de angústia mais acentuada.

São mais marcantes tais processos de separação quando é chegada à época do desmame, da sua fase de castração em que os pais colocam sobre a criança privações em sua conduta, sobre a fase da partilha quando chega a um lar uma nova criança, que são desmames consecutivos em que a criança deve aprender a desenvolver-se sozinha em sua relação com o mundo.

Assim, toda a criança é um ente estrangeiro que ao entrar para uma família recebe todo o apoio que merece para se estabelecer, porém com a chegada da fase do desmame, este estrangeiro deve começar a se impor limites para que a convivência com o grupo ao qual está inserido possa ser a mais harmoniosa e dotada da transitoriedade que o permita se preparar para num futuro provocar o rompimento deste elo para que venha a constituir a sua própria unidade familiar.

 

 

Referências:

FREUD, S. (1924). A dissolução do complexo de Édipo. Em Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas completas de S. Freud. Jayme Salomão trad. Rio de Janeiro: Imago, vol. 19.

CRESPIN, G. (2004). A clínica precoce: o nascimento do humano. São Paulo: A casa do psicólogo.

ARAGÃO, R. O. de (2004). O bebê, o Corpo e a Linguagem. São Paulo: A casa do psicólogo.

CRUZEIRO, D. M. in Lenderbook, internet. Disponível em: <http://www.lenderbook.com > Acesso em: 28/06/2015.



01/07/2015 - Max Diniz Cruzeiro
Eu quero participar!
Faça seu comentário

Critério

Crítica
Sugestão
Ideia
Desabafo
Elogio
Sentimento
Outro

Título


Somente palavras e/ou números

Seu comentário

Somente palavras e/ou números em português ou inglês
Limite de 500 caracteres.

Nota

-100 a +100

Cidade

Estado

País


Organização e ordenação de Registros Textuais
OortBook® organizando informações para melhor atendê-lo!



Este sitio respeta su modelo económico. Si usted es capitalista como para darse cuenta de las ganancias en el consumo de nuestros productos y servicios a pagar el valor monetario en relación con una parte de mérito en su nombre. Si el modelo se piensa pago Socialista con algún beneficio social que puede contribuir a la actividad de LenderBook. Si su modelo de pensamiento es la participación comunista y extender su ventaja a nosotros como pago.

Max Diniz Cruzeiro

Electronics Technician

Bachelor of Statistics

Post graduate in Clinical and Business Psychopedagogy

MBA in Marketing and Social Networks

Postgraduate in Clinical Neuroscience

Postgraduate in Psychoanalytic Theory

Doctor PhD Student in Philosophy - Psychology: Cognitive

Self-taught Writer

Self-taught Ufologist

Specialist Self-taught in Remote Sensing



:: Relatório do Concurso Whatsapp

Torno público todo o aprendizado, do concurso Whatsapp, que já encaminahdo para o SENADO FEDERAL e para o MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO.

O intuito deste informativo é a leitura seletiva, para que cada setor apenas adquira a informação relativa a sua área, caso você deseja fazer a leitura integral será de responsabilidade do leitor em saber das informações aqui catalogadas. É permitido divulgar essa informação nestes moldes para quaisquer seguimentos. (37 páginas de word) Para acessar entre na LenderBook

Atenciosamente,

Max Diniz Cruzeiro

LenderBook Company

www.lenderbook.com




100% of the production of texts is in Portuguese!
95% of text production is in English!
90% of the production of texts is in Spanish!
The records from 2105 to 52104 is a great mechanical phrase writing experiment crafted in excel!









ADIÇÃO (17/Jul/2017) NO SITE LenderBook

INSAUT MATERIAL PRINCIPAL DA LENDERBOOK



Listar índice completo...





Previsão para Setembro de 2016













The film contains technology information!






Release (Book of Knowledge): Pay for this book the price of a Fast Food your city in our donation systems (paypal or Pague seguro).

Lançamento (Livro do Conhecimento): Pague por este livro o preço de um Fast Food da sua cidade em nossos sistemas de doações (Pague seguro ou paypal).


Version Original +- 4,3 MegaBytes
].....[
Version with Art +- 75 MegaBytes
].....[
Doando você estará ajudando alguém através de nossos projetos














Amigos,
Bom dia,
Ofereço serviços de impressão a Laser frente e verso de excelente qualidade:
Regra: o trabalho deve estar digitalizado e não necessitar de qualquer tipo de revisão
Especificação: Folha A4
Valores:
Apenas toner preto: 15 centavos cada página
Com toner colorido: 30 centavos cada página

Obs.: Não é serviço de xerox a qualidade é igual a impressão de livro. Não fazemos desconto. Os valores de impressão para este tipo de serviço no mercado é de 25 centavos para toner preto e 1 real para toner colorido.
Se souberem de algum estudante que queira imprimir algum trabalho de alta qualidade repasse o meu e-mail por favor. Conforme o volume entrega no dia seguinte. Serviço realizado no período noturno. Necessário pedir com antecedência para entrar na fila de impressão.
Enviamos o material impresso através dos Correios para sua casa (Impressão + custos de envio). Aproveite a oportunidade selecione nossos textos que enviamos para você o seu arquivo digital impresso. Pagamento antecipado via paypal ou pagseguro.
lenderbook@gmail.com

A rede social da Cultura Brasileira
Disponível para todos que nutrem um amor inconfundível por esta pátria chamada Brasil.

Uma iniciativa do Ministério da Cultura - Governo Federal




Site designed and supervised by Clinical Neuroscientist.

Site desenvolvido e orientado por Neurocientista Clínico.

Max Diniz Cruzeiro



Welcome to Heavenly groupings

The brothers who are outside the celestial vault,

thanks for your existence,

Come to us all that comes from you what is good,

Is made a conscious and collective will,

On Earth as elsewhere

Let us be worthy of our own support

Spare us the misunderstanding that arises from our essence

Just as we are able to reflect and

limit the badly that arises within us and in relation to other beings

If you know of any fault of mine, show me the way to recover.

To build together a heavenly nation for the common good.

Bem-Vindos aos agrupamentos Celestiais

Aos irmãos que estão fora da abóboda celeste,

obrigado pela sua existência,

Venha a nós tudo o que procede de ti que for bom,

Seja feita uma vontade consciente e coletiva,

Assim na Terra como em outros lugares

Sejamos merecedores de nosso próprio sustento

Perdoai-nos a incompreensão que aflora de nossa essência

Assim como somos capazes de refletir e limitar o mal que aflora dentro de nós e em relação a outros seres

Se souberes de alguma falta minha, me mostre o caminho para me recuperar.

Para construirmos juntos uma nação celestial para o bem comum.

We need financial resources for the translation of our texts and if you are able to perceive a human gain in your life with our information please consider donating to our activity.

Nós necessitamos de recursos financeiros para a tradução de nossos textos e se você é capaz de perceber um ganho humano em sua vida com nossas informações favor considerar a possibilidade de fazer doações para nossa atividade.










The star contains more than 2,000 pages of information!






Insaut - Pular Informações corporativas e ir para o texto


10 ANOS DE LENDERBOOK





INSAUT TOP