:: GAIA A MÃE TERRA








Deusa Mãe, uma das primeiras divindades a habitar o Olimpo, geradora de todos os deuses, livre de nascimento ou destruição, de tempo e espaço, de forma ou condição.

Gaia a deusa que foi a propiciadora dos sonhos e a protetora da fecundidade. Na mitologia grega, Gaia é a personificação da Terra como deusa.

Segundo as crenças gregas, no princípio havia um grande vazio chamado Caos e todas as coisas estavam mistas umas às outras. Sobre esta confusão reinava a Noite e deles nasceram o Destino sendo os deuses submetidos a eles e para vencer o silêncio e o vazio nasceu o Amor (Eros), produzindo um início de ordem. Com o nascimento do dia, apareceu a terra, a mãe universal. Surgiu do vazio eterno, dançando e girando sobre si como se fosse uma esfera em rotação.

Gaia foi uma das primeiras divindades a habitar o Olimpo, nasceu imediatamente depois do Caos. Tal como Caos, Gaia possuía uma natureza forte e sem intervenção masculina gerou sozinha, Urano ( o Céu), as Montanhas e o Mar. Foi dito que ela tenha gerou Urano com o desejo de se unir a alguém semelhante a si mesma em natureza. Isso porque Gaia personifica a base onde se sustentam todas as coisas, e Urano é então o abrigo dos deuses.

Formou com Urano o primeiro casal divino e dessa união nasceram os Titãs, os Ciclopes e os Hecatonquiros.

Sendo Urano capaz de prever o futuro, temeu o poder de filhos tão grandes e poderosos e não tolerando-os, logo que nasciam, os empurrava de volta para dentro do útero, para o fundo da Mãe Terra, onde estagnavam pela ausência de luz, atividade e liberdade. Finalmente um deles, Cronos, foi secretamente removido do próprio útero da Mãe Gaia e quando o Pai Urano desceu para cobrir Gaia, esse filho rebelde e irado castrou-o, separando assim o Céu e a Terra. Depois libertou seus irmãos e irmãs e, com isso deu início à era dos Titãs. Cronos então jogou os testículos de Urano no mar, porém, algumas gotas caíram sobre Gaia, fecundando-a e fazendo com que nascesse mais um filho, desta vez a Fúria.

Dizia-se que o homem nascera da terra molhada aquecida pelos raios de Sol. Deste modo, da sua natureza todos os elementos e quando morre, sua mãe venerável o recolhe e o guarda em seu seio.

Na Mitologia Grega, não há nada que possa explicar o que fez Gaia e Urano depois de terem criado tantas coisas bonitas, gerarem os titãs, filhos violentos. No entanto, sua chegada significa o fim de uma antiga ordem.

A figura da Deusa Gaia foi uma das primeiras representações divinas criadas pelos seres humanos, na mitologia clássica, personificava a origem do mundo, o triunfo e ordenamento do cosmos frente ao caos, a propiciadora dos sonhos, a protetora da fecundidade e dos jovens. Religiões antigas cultuavam imagens femininas como sagradas por suas relações com a natureza e a fertilidade.

Gaia foi também, a profetiza original do centro de adivinhação da Grécia Antiga, sendo o Oráculo do Delfos.

Delfos era um complexo de construções num terreno sagrado para os antigos povos da Grécia, aonde havia um templo consagrado a Apolo. Nele as sacerdotisas de Apolo faziam profecias baseadas em transes e estas profecias ali obtidas eram consideradas verdades absolutas.

Durante mais de 15 séculos, do nascimento ao fim da cultura grega antiga, o Oráculo de Delfos serviu como local aonde os peregrinos vindos das mais diversas localidades do mundo vinham para consultar as sacerdotisas querendo saber qual o seu destino, da sua família ou da sua pátria. Delfos tornou-se um dos lugares sagrados mais venerados pelos gregos, sendo que suas previsões e predições tiveram enorme repercussão nos destinos de reis, de tiranos e de muita outra gente famosa daqueles tempos.

Como a procura pelas previsões era muita, marcar uma audiência demorava um bom tempo, obrigando a que, com o passar dos anos, outras instalações fossem construídas para abrigar os visitantes, formando um verdadeiro complexo de pequenos santuários, habitações e pousadas para acolher aquela gente toda. A questão para a qual se desejava uma orientação era firmada numa tabuinha de argila e, em seguida, levada à uma das sacerdotisas. Entendida a mensagem, ela recolhia-se para o interior do templo e, sentada num banco começava a aspirar os “vapores divinos” que emanavam das rachaduras abertas no chão.

Dava-se então o momento do transe, quando a sacerdotisa começava a dizer coisas sem nexo, palavras cifradas que aparentemente não tinham nenhum sentido, mas que eram religiosamente anotadas.

A sacerdotisa não herdava sua posição pela nobreza de seus vínculos familiares. Embora devesse ser natural de Delfos, poderia ser velha ou jovem, rica ou pobre, bem-educada ou analfabeta. Ela passava por um longo e intenso período de treinamento, assistida por uma congregação de mulheres de Delfos, que zelavam pelo eterno fogo sagrado do templo.

Gaia, ser primordial de onde todos os Deuses se originaram, o arquétipo da Terra. O Oráculo, considerado o umbigo da Terra, situava-se onde a sabedoria da terra e da humanidade se encontrava.

O culto da Mãe Terra aconteciam em vários locais, Gaia permitia que as fendas e grutas de Delfos falassem através das sacerdotisas sobre a origem do mundo e dos deuses.

Gaia é a energia da própria vida, Deusa pré-histórica da Mãe Terra. Seu poder é encontrado na água e na pedra, nas cavernas, nos animais terrestres e nos pássaros, nas serpentes e nos peixes, nas montanhas e nas árvores.

Quando falamos da Terra, estamos também nos referindo ao Céu, e à relação entre os dois. Separando o que está embaixo com o que está lá em cima, entenderemos o simbolismo no qual, o que está em cima é leve, claro, masculino e ativo, e a Terra, que está abaixo que é pesada, escura, feminina e passiva. A humanidade como um todo reunido em torno do arquétipo Terra está associado tanto a este mundo que é tangível, material e estático, quando ao seu simbolismo oposto do Céu que está ligado ao outro mundo, intangível, espiritual e dinâmico.

Para entendermos a Deusa Mãe, devemos entrar em contato com as contradições Céu e Terra, Espírito e Natureza.

A imagem cristã da Terra durante a Idade Média era negativa, pois, o arquétipo positivo do Céu era dominante. O lado terreno então, deveria ser sacrificado em nome do Céu, porque a Terra era feminina, pertencendo ao mundo dos instintos, representada pela sexualidade, sedução e o pecado.

A partir da Renascença a Terra se libertou, tornando-se Natureza em um mundo a ser descoberto mostrando toda a sua riqueza viva e não estando em oposição com um Espírito Céu da divindade, mas na qual a essência divina se manifesta.

O espírito hoje buscado é o espírito da Terra e da humanidade.

Reverenciar os princípios femininos e a consciência da Deusa Gaia, nos ajuda a nos colocar em contato com a beleza e a magia da natureza e todas as suas criaturas. Reconhecer esta Deusa da Natureza, como nossa Mãe Terra, ajuda a expandir nosso respeito ao meio ambiente e nossa busca do equilíbrio entre as energias masculinas e femininas, para que, em lugar de competir, trabalhemos juntos, para o bem individual e coletivo.

Diante do despertar de valores ligados à preservação das formas de vida no planeta, várias religiões tentam modernizar antigos rituais de adoração à Deusa Mãe e suas manifestações. A maioria das mulheres, já lança mão da sabedoria da Deusa, para ocupar seu espaço na terra e no presente milênio.

A Teoria de Gaia sustenta que o planeta é um ser vivo, que a biosfera do planeta é capaz de gerar, manter e regular as suas próprias condições de meio-ambiente. Com o fenômeno do aquecimento global e a crise climática no mundo, a hipótese tem ganhado cada dia mais credibilidade entre cientistas, pesquisadores e místicos.

As relações da mãe Terra às ações humanas podem ser entendidas como uma resposta auto-reguladora desse imenso organismo vivo, Gaia, que sente e reage organicamente, principalmente pela surpresa da terra estar aguentando o tranco, afinal o ser humano está literalmente destruindo o planeta.

A Terra é uma interação entre o vivo e o não-vivo. Precisamos perceber que fazemos parte de um organismo vivo que se auto-regula e interage com os outros seres.

Gaia impeliu o movimento da descoberta de si e da realização pessoal, pois esse movimento afasta-nos da agressão contra a natureza. Compreendemos agora porque as necessidades da pessoa e as do planeta coincidem: essa coincidência provém de que, em sua superior sabedoria, Gaia cria os primeiros a fim de satisfazer aos segundos! O que pensávamos ser uma aspiração individualista espontânea atende a um arranjo planetário. Somos apenas os instrumentos de Gaia, e a volta à ética do desabrochar psicológico e espiritual foi deliberadamente desejada por ela.

Com a evolução do homem e o despertar da consciência as forças da natureza fizeram com que o homem começassem a compreender que o raio incendiário, a tormenta voraz, o mar tempestuoso ou o sol que escurece no meio do céu não são fenômenos casuais e aleatórios, mas têm alguma causa, obedecem a uma lei misteriosa, a alguma autoridade poderosa da qual depende a vida de tudo e de todos.

O homem passou a atribuir o destino a mãe Terra, ao espírito cósmico, não importando qual seja a denominação ou a personificação que estas forças passem a ter, elas funcionam como explicação e como origem para tudo o que ocorre.

A partir de então, começa a lenta vitória da inteligência sobre o medo milenar da escuridão, da morte: o caos, o cego aglomerado da matéria primordial, anima-se, cria vida e toma forma, torna-se um cosmos, isto é, um universo organizado, onde cada força cósmica recebe um nome e uma função.

A criação deste mundo deu a vantagem do homem não estar mais sozinho, pois ele sabe que em cada fenômeno da natureza se escondem as presenças sobre-humanas; aprende a reconhecê-las e a chamá-las pelo nome e oferece sacrifícios e preces em sua homenagem para merecer proteção.

Contudo, os deuses eram também influenciados pelos hábitos dos humanos e muitas vezes preferiam a terra ao céu e o amor dos mortais ao dos imortais. Nascem, então, os bastardos, meio deuses e meio homens, os semideuses que, colocados pelo Destino, entre o céu e a terra, participam igualmente de prerrogativas divinas e limitações humanas. O Olimpo torna-se pequeno para acolher a enorme proliferação de deuses, cada um gerador de forças que governam cada ato da vida. E daí muitos deuses se transferem para a terra e passam a morar entre seus adoradores. Este é um outro momento de grande importância para a evolução da consciência humana, a percepção da proximidade entre o céu e a terra, quando o homem compreende que seu corpo mortal pode acolher e conservar em si a imortalidade, própria dos deuses. A ciência secreta tornou-se a ciência natural

Você mesma pode inventar seu próprio ritual, desde que esteja em contato com a Natureza, tudo é válido.

Gaia faz do planeta Terra um "superorganismo" capaz de se auto-regular, uma entidade viva fazendo uso pleno dos seus direitos, com capacidade de realizar ajustes e até mesmo otimizar as condições necessárias para manter vida na Terra, passando pelos mecanismos naturais que regulam desde o clima até a biodiversidade.

Vamos deixar que a Deusa renasça, se expresse em nossas intenções, vontades e desejos, para que possamos extrair de nosso corpo os movimentos sagrados de sua dança e deixar que esta possa embalar nossos sonhos. Reverenciar Gaia não requer nenhuma fé, a simples consciência das manifestações da natureza que ocorrem a nossa volta, já é o bastante para absorvermos sua energia.

Coloque os pés descalços na terra e brinque de árvore, enraizando-se e sugando a seiva da Terra;

ORAÇÃO A MÃE TERRA

Mãe Terra ajude-nos a encontrar, dentro do nosso coração, a força e a determinação da semente, que vence a escuridão da terra, a resistência da casca, e avança em direção aos raios do Sol, só para realizar plenamente o ofício de existir.

Dai-nos a fecundidade da terra úmida, que acolhe todas as sementes, abençoa e nutre todos os brotos e continua de braços abertos pra acolher o fruto que cai, ou a árvore que já esgotou o tempo de ficar em pé e deita, para sempre, no colo bendito da Mãe.

Que cada ser vivente, consiga descobrir dentro e si, a força do jacarandá; a beleza da flor que abre e confia; a generosidade do fruto que se oferece, sem restrições; a flexibilidade da taboa; a determinação das ondas que sempre retornam; a transparência e a pureza da água que jorra da nascente...

Ensinai-nos a acolher, nutrir e proteger todos os filhos da Terra, para que a Vida seja leve como o vôo da borboleta e bela como um entardecer do outono.

Que nosso coração saiba que o Sol está escondido por detrás das nuvens, quando chegar à época das tempestades e o medo tomar conta da nossa Alma.

E, quando chegar o tempo de deixar o tempo, dai-nos a sabedoria e a humildade para aceitar esse colo sagrado, este último berço, que está preparado, desde sempre, para acolher o nosso corpo cansado e carente de silencio e paz.

Que o brilho da Deusa possa nos cobrir.

Por Adriana Mello

Mapa Astral adrianafmello@ig.com.br

DICIONÁRIO:

Ciclopes - Gigantes com um só olho no meio da testa, ferreiros que trabalhavam para Zeus.

Eros – Deus do Amor

Hecatonquiros - Seres que possuíam cem braços e cinquenta cabeças.

Olimpo - É o deus principal, governante do Monte Olimpo. Rei dos deuses e dos homens

Max Diniz Cruzeiro

Electronics Technician

Bachelor of Statistics

Post graduate in Clinical and Business Psychopedagogy

MBA in Marketing and Social Networks

Postgraduate in Clinical Neuroscience

Postgraduate in Psychoanalytic Theory

Doctor PhD Student in Philosophy - Psychology: Cognitive

Self-taught Writer

Self-taught Ufologist

Specialist Self-taught in Remote Sensing

100% of the production of texts is in Portuguese!
95% of text production is in English!
90% of the production of texts is in Spanish!
The records from 2105 to 52104 is a great mechanical phrase writing experiment crafted in excel!









ADIÇÃO (22/MAR/2017) NO SITE LenderBook

INSAUT MATERIAL PRINCIPAL DA LENDERBOOK



Listar índice completo...





Previsão para Setembro de 2016













The film contains technology information!






Release (Book of Knowledge): Pay for this book the price of a Fast Food your city in our donation systems (paypal or Pague seguro).

Lançamento (Livro do Conhecimento): Pague por este livro o preço de um Fast Food da sua cidade em nossos sistemas de doações (Pague seguro ou paypal).


Version Original +- 4,3 MegaBytes
].....[
Version with Art +- 75 MegaBytes
].....[
Doando você estará ajudando alguém através de nossos projetos














Amigos,
Bom dia,
Ofereço serviços de impressão a Laser frente e verso de excelente qualidade:
Regra: o trabalho deve estar digitalizado e não necessitar de qualquer tipo de revisão
Especificação: Folha A4
Valores:
Apenas toner preto: 15 centavos cada página
Com toner colorido: 30 centavos cada página

Obs.: Não é serviço de xerox a qualidade é igual a impressão de livro. Não fazemos desconto. Os valores de impressão para este tipo de serviço no mercado é de 25 centavos para toner preto e 1 real para toner colorido.
Se souberem de algum estudante que queira imprimir algum trabalho de alta qualidade repasse o meu e-mail por favor. Conforme o volume entrega no dia seguinte. Serviço realizado no período noturno. Necessário pedir com antecedência para entrar na fila de impressão.
Enviamos o material impresso através dos Correios para sua casa (Impressão + custos de envio). Aproveite a oportunidade selecione nossos textos que enviamos para você o seu arquivo digital impresso. Pagamento antecipado via paypal ou pagseguro.
lenderbook@gmail.com

A rede social da Cultura Brasileira
Disponível para todos que nutrem um amor inconfundível por esta pátria chamada Brasil.

Uma iniciativa do Ministério da Cultura - Governo Federal




Site designed and supervised by Clinical Neuroscientist.

Site desenvolvido e orientado por Neurocientista Clínico.

Max Diniz Cruzeiro



Welcome to Heavenly groupings

The brothers who are outside the celestial vault,

thanks for your existence,

Come to us all that comes from you what is good,

Is made a conscious and collective will,

On Earth as elsewhere

Let us be worthy of our own support

Spare us the misunderstanding that arises from our essence

Just as we are able to reflect and

limit the badly that arises within us and in relation to other beings

If you know of any fault of mine, show me the way to recover.

To build together a heavenly nation for the common good.

Bem-Vindos aos agrupamentos Celestiais

Aos irmãos que estão fora da abóboda celeste,

obrigado pela sua existência,

Venha a nós tudo o que procede de ti que for bom,

Seja feita uma vontade consciente e coletiva,

Assim na Terra como em outros lugares

Sejamos merecedores de nosso próprio sustento

Perdoai-nos a incompreensão que aflora de nossa essência

Assim como somos capazes de refletir e limitar o mal que aflora dentro de nós e em relação a outros seres

Se souberes de alguma falta minha, me mostre o caminho para me recuperar.

Para construirmos juntos uma nação celestial para o bem comum.

We need financial resources for the translation of our texts and if you are able to perceive a human gain in your life with our information please consider donating to our activity.

Nós necessitamos de recursos financeiros para a tradução de nossos textos e se você é capaz de perceber um ganho humano em sua vida com nossas informações favor considerar a possibilidade de fazer doações para nossa atividade.










The star contains more than 2,000 pages of information!






Insaut - Pular Informações corporativas e ir para o texto


10 ANOS DE LENDERBOOK





INSAUT TOP