ministério da cultura

:: O Sacrifício do Encontro Libidinal


O Sacrifício do Encontro Libidinal


A todo instante nós conectamos nosso corpo com outros elementos dispostos no ambiente por meio de percepção de uma vantagem sensorial que emite prazer em praticá-la, esta fusão do que é notado no ambiente é um mecanismo prazeroso despertado por meio de uma pulsão na forma de uma libido.

Então ao escolhermos um objeto, na figura do Outro, que representa algo externo à estrutura biológica tem-se dos elementos dispostos a estabelecer um contato mais direto na linha proximal de proximidade ambiental.

Sejam assim o Objeto (O outro) e o Ser (Você) estruturas dissociadas de qualquer tipo de vínculo passar a representar para o Ser no ato de absorção da ideia uma instância de conformidade pelo interesse libidinal que pode se adequar, por exemplo, à manifestação do AMOR.

Então a primeira correspondência do objeto no interior do Ser passa a ser uma agregação de valor parental que torna herdeiro um composto egoico que ao encapsular de significado um significante, ou seja, um símbolo cria dentro do Ser o AMOR Objeto como uma representação sucinta do que o Outro venha a representar dentro do indivíduo algo que substancie o seu momento-contexto.

Então o indivíduo passa a abastecer-se de informações sutis na forma de estímulos que desencadeiam subjetividade, através da manifestação de sentimentos, de sensações, de pensamentos, extintos e manipulações de sentidos, tudo isto para formar dentro de si a cristalização de um relacionamento.

Para que o relacionamento venha a se formar é necessário que passe por vários momentos:

O primeiro deles é a Aproximação subjetiva e real do Ser com o objeto. Assim a mãe cheia de amor ao lembrar-se de seu filho bebê no berço, como quem nota a necessidade de cuidar irá de tempos em tempos investir em seu interesse libidinal de manifestar o contato com seu filho em seu quarto.

A percepção vem em seguida como um compromisso mais detalhado de manutenção de uma condição de ação em que um aprisionamento da cena irá fusionar mais intensamente o Ser ao seu Objeto. Então a mãe faz um checkup ao visualizar sua criança no berço com um intuito de verificar que tudo caminha conforme seus procedimentos de rotina.

A somatização surge como um ajuntamento da cena em que desloca o Objeto como núcleo do centro de influência do Ser. Assim, a mãe de nosso exemplo, desloca sua atenção e foco para o perímetro proximal em que se situa o corpo do bebê integrando todos os frames na forma de uma composição sólida a formar um cenário que unifica todo o agrupamento de informações. A mãe é capaz de juntar todos os elementos dispostos ao redor de seu bebê para fazer deles alvo de análise para intuir se tudo caminha conforme o seu aprendizado de mãe.

A problematização é a etapa seguinte em que o indivíduo ao ter a trama sintetizada como um núcleo de pensamento é capaz de refletir sobre quais elementos da rede de informações que está contida dentro do consciente é passível de um interesse mais detalhado e que um nível de concentração energética mais detalhada deve ser canalizado para o setor da análise da tela cinética do intelecto como uma percepção mais apurada em que deva gerar novos insights e formas mais densas de interação. Assim a mãe, integra em sua mente elementos residuais que a fazem notar que algum elemento não deveria estar fusionado conforme sua experiência de vida e ajusta a posição do bebê para que ele fique mais confortável.

O choque é o mecanismo de controle que permite identificar que algo somatizado não procede segundo a experiência e expectativa observada pelo processo de vivência do Ser em relação do Outro introjectado na trama cinética do intelecto. Assim a mãe ao perceber o sofrimento no bebê pára para refletir o que deveria estar faltando para o seu filho naquele momento. Sua identificação com seu aspecto torna fácil e suficiente para que o choque seja gerado afim de promover uma retaliação à condição de observação constatada no momento.

Então o conflito surge para mostrar ao Ser que ele deve fazer algo para que o Objeto tenha a orientação mais adequada para o desenvolvimento do seu encontro libidinal para que a instância de condicionamento do prazer possa ser recomposta conforme a expectativa de AMOR estabelecida como parâmetro para este exemplo. Assim a mãe se angustia em ver dentro de sua fantasia de progenitora o sofrimento de seu filho, e quando da visualização de sofrimento do Outro, o bebê, transfere a angústia para dentro de si, como se transportasse algo que deseja sanar por intermédio do despertar de um aprendizado.

Assim decorre do conflito dentro da formação do relacionamento um quadro de atrito onde o Ser percebe que o Objeto não está enquadrado conforme deveria se desenvolver dentro de sua ilusão primária como um fundamento para que o relacionamento seja firmado. Neste caso a mãe delira como punição ao sofrimento do filho gerando instabilidade gerencial dentro de si suficiente para que a atitude precipite sobre seu consciente e venha à resposta para o sofrimento observado.

Então a afetação do Ser em relação ao Outro (Objeto) cria uma transferência de atributos na visualização ilusória do objeto com o mundo e este com o Ser em que se espera promover uma triangulação de necessidades. A mãe parte para a identificação do sofrimento do filho como um último sopro de identificação que a faz recordar sobre um rol de possibilidades de seu real sofrimento.

Com a etapa seguinte a relativização o Objeto é testado para que o Ser tenha consciência para a justificativa de seu quadro interativo. A mãe intensifica a observação ao criar alternativas para sanar o sofrimento do bebê, primeiro olha suas fraudas, em seguida sua temperatura e observa se a hora de dar a mamada já pode ser motivação para a inquietude do bebê.

Então ocorre um processo de negociação do Ser em relação ao Outro (Objeto) em que existe uma etapa de assentimento como uma doação do vínculo por parte do Ser ao movimento perceptivo do Objeto. Assim a mãe passa a simular conformo com seu bebê, estimula o balançar do berço, conforta, dá carinho, se limita a desencadear a estrutura do amor para ver se o choro do bebê é recompensado com sua presença para retirar da face da criança a situação de desamparo em que se mostra seu sofrimento.

Então o último passo a união é obtida, e a razão verdadeira para a criação do relacionamento é enfim trilhada. A mãe descobre que o bebê necessita ser amamentado e a união decorre do processo de ligar a criança ao peito materno.

Mas, porém, O Outro (Objeto) e o Ser não podem ficar fusionados eternamente na forma de um vínculo sólido, existem outras prioridades na vida do Ser que venha a demandar outras formas de interação e vínculos com outras estruturas objetais. Então a mãe lembra-se que precisa colocar para dormir o seu outro filho mais velho e cuidar para que seu marido tenha o apoio de que necessita para acordar cedo no outro dia para o deslocamento ao seu trabalho.

Este é o seu desejo Interno novo aflorando, em que a visualização do Outro Ignorado, antes não percebido pela mãe que somente tinha vínculo com o seu bebê agora é abastecido com a preocupação de gestar a vida de seu outro filho e marido.

Então o Ser é capaz de colher o Desejo do Outro antes ignorado, assim como a mãe é capaz de compreender a necessidade dos que dela também venham a necessitar em sua casa.

E cria uma oferenda para estes novos objetos, na forma de uma oferta libidinal de satisfação deste desejo pela captura do narcisismo destes Outros antes não vinculados. Entenda narcisismo dentro deste contexto como o amor próprio destes novos Outros (Objetos) que pode ser negociado como moeda de troca e partilha para a formação de nova instância psíquica de característica relacional.

Então surge a renúncia permanente ou temporária do Objeto antes fusionado, para a criação no novo relacionamento objetal. Assim a mãe renuncia a sua condição de cuidadora do bebê para cuidadora do marido e de seu filho mais velho.

Mas somente isto é possível porque a escala de importância do Objeto anterior é colocada em estala reduzida de importância pela diminuição de seu valor e juízo no momento mais oportuno de sua mudança Objetal.

Então o desligamento ou rompimento do Objeto em que o investimento da libido está condicionado é enfim obtido, para neste exemplo, mãe possa se ligar a outros interesses que dela também venha a depender.

E por fim decorre uma fixação sobre o novo relacionamento estabelecido. Sendo a mãe agora a esposa e a cuidadora do filho mais velho.

E quando o objetivo do Ser estiver satisfeito se procurará Outro Objeto para criar uma nova estrutura relacional. Em que um conteúdo de identificação de necessidade e desejo é determinante para determinar as sequências lógicas dos próximos vínculos que a construção do pensamento é capaz de permear, reproduzir e projetar sobre o Ser e novos Outros que se escalem segundo suas próprias instâncias de manifestação do consciente.

Cabe notar que todas as fases do processo de relacionamento decorrem do mesmo funcionamento e sequência de ordenamento sensorial, às vezes uma etapa não é percebida porque possui um time tão pequeno que sua influência torna-se instintiva ao ponto da não observação de seu estado de inicialização.

Outro adendo é a estrutura multifuncional do esquema de Sacrifício do Encontro Libidinal em que jamais, em condições normais, um sacrifício decorre de um estado de latência funcional em que um Outro não seja objeto de sequestro de identificação e que coexista a situação que o Ser encontre-se isolado em seu ambiente contexto sem que a identificação estabeleça um parâmetro de consulta a outro Ente. Até mesmo no estado de profunda meditação em que o Outro é a representação do Vazio como projeção do objeto sobre a mente.

Para encerrar, o sacrifício do Encontro Libidinal é o ato de desligar-se do Outro sem que o movimento se converta em uma angústia, depressão ou estado de letargia sem que derive para um encontro de um Objeto em que a natureza de sua inicialização egoica gere estados de desprazer como uma estrutura de Encontro não Libidinal como uma correspondência para a formação de um quadro clínico patológico.



22/06/2015 - Max Diniz Cruzeiro
Eu quero participar!
Faça seu comentário

Critério

Crítica
Sugestão
Ideia
Desabafo
Elogio
Sentimento
Outro

Título


Somente palavras e/ou números

Seu comentário

Somente palavras e/ou números em português ou inglês
Limite de 500 caracteres.

Nota

-100 a +100

Cidade

Estado

País


Organização e ordenação de Registros Textuais
OortBook® organizando informações para melhor atendê-lo!



Este sitio respeta su modelo económico. Si usted es capitalista como para darse cuenta de las ganancias en el consumo de nuestros productos y servicios a pagar el valor monetario en relación con una parte de mérito en su nombre. Si el modelo se piensa pago Socialista con algún beneficio social que puede contribuir a la actividad de LenderBook. Si su modelo de pensamiento es la participación comunista y extender su ventaja a nosotros como pago.

Max Diniz Cruzeiro

Electronics Technician

Bachelor of Statistics

Post graduate in Clinical and Business Psychopedagogy

MBA in Marketing and Social Networks

Postgraduate in Clinical Neuroscience

Postgraduate in Psychoanalytic Theory

Doctor PhD Student in Philosophy - Psychology: Cognitive

Self-taught Writer

Self-taught Ufologist

Specialist Self-taught in Remote Sensing



:: A LenderBook recebe as seguintes moedas de troca por suas atividades:

# Conhecimento;

# Benefícios;

# Dinheiro em Espécie;

# Melhorias;

# Expansão Programada;

# Bens, produtos e Serviços;

# Valoração de nossas atividades (Imagem);

# Destaque e Reconhecimento

# Canalização de recursos para nossos players a fim de que o desenvolvimento percebido contemple nossas atividades.

Os pagamentos seguem de acordo com o Modelo de Percepção Econômica de nossos Clientes cuja base principal é a visualização de um BENEFÍCIO DE NOSSO CLIENTE em que uma parcela do GANHO DE NOSSO CLIENTE é revertido em moeda de troca para a Atividade da LenderBook de acordo com a consciência do CLIENTE. Nossos clientes estelares podem efetuar o pagamento conforme os meios legais estabelecidos dentro de seus agrupamentos e seus parceiros no planeta terra.

Max Diniz Cruzeiro

Agradecemos a todos os nossos Clientes Estelares que já efetuaram o pagamento das atividades nos encaminhando via telepatia projetos para a LenderBook COMO FORMA DE PAGAMENTO.

Agradecemos todos os nossos Clientes Capitalistas que já efetuaram a compra de nossos livros através da AMAZON

Agradecemos nossos Clientes Comunistas, em especial a Coreia do Norte, por INTERMÉDIO de sua Embaixada, pela retribuição inicial de um Jantar EM SUAS INSTALAÇÕES, como pagamento de nossas contribuições até o momento.

Agradecemos aos nossos Clientes Socialistas, principalmente amigos que contribuiram extendendo benefícios em suas horas de recreação, lazer e alimentação.

:: Relatório do Concurso Whatsapp

Torno público todo o aprendizado, do concurso Whatsapp, que já encaminahdo para o SENADO FEDERAL e para o MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO.

O intuito deste informativo é a leitura seletiva, para que cada setor apenas adquira a informação relativa a sua área, caso você deseja fazer a leitura integral será de responsabilidade do leitor em saber das informações aqui catalogadas. É permitido divulgar essa informação nestes moldes para quaisquer seguimentos. (37 páginas de word) Para acessar entre na LenderBook

Atenciosamente,

Max Diniz Cruzeiro

LenderBook Company

www.lenderbook.com




100% of the production of texts is in Portuguese!
95% of text production is in English!
90% of the production of texts is in Spanish!
The records from 2105 to 52104 is a great mechanical phrase writing experiment crafted in excel!









ADIÇÃO (17/Jul/2017) NO SITE LenderBook

INSAUT MATERIAL PRINCIPAL DA LENDERBOOK



Listar índice completo...





Previsão para Setembro de 2016














The film contains technology information!










Release (Book of Knowledge): Pay for this book the price of a Fast Food your city in our donation systems (paypal or Pague seguro).

Lançamento (Livro do Conhecimento): Pague por este livro o preço de um Fast Food da sua cidade em nossos sistemas de doações (Pague seguro ou paypal).


Version Original +- 4,3 MegaBytes
].....[
Version with Art +- 75 MegaBytes
].....[
Doando você estará ajudando alguém através de nossos projetos














Amigos,
Bom dia,
Ofereço serviços de impressão a Laser frente e verso de excelente qualidade:
Regra: o trabalho deve estar digitalizado e não necessitar de qualquer tipo de revisão
Especificação: Folha A4
Valores:
Apenas toner preto: 15 centavos cada página
Com toner colorido: 30 centavos cada página

Obs.: Não é serviço de xerox a qualidade é igual a impressão de livro. Não fazemos desconto. Os valores de impressão para este tipo de serviço no mercado é de 25 centavos para toner preto e 1 real para toner colorido.
Se souberem de algum estudante que queira imprimir algum trabalho de alta qualidade repasse o meu e-mail por favor. Conforme o volume entrega no dia seguinte. Serviço realizado no período noturno. Necessário pedir com antecedência para entrar na fila de impressão.
Enviamos o material impresso através dos Correios para sua casa (Impressão + custos de envio). Aproveite a oportunidade selecione nossos textos que enviamos para você o seu arquivo digital impresso. Pagamento antecipado via paypal ou pagseguro.
lenderbook@gmail.com

A rede social da Cultura Brasileira
Disponível para todos que nutrem um amor inconfundível por esta pátria chamada Brasil.

Uma iniciativa do Ministério da Cultura - Governo Federal




Site designed and supervised by Clinical Neuroscientist.

Site desenvolvido e orientado por Neurocientista Clínico.

Max Diniz Cruzeiro



Welcome to Heavenly groupings

The brothers who are outside the celestial vault,

thanks for your existence,

Come to us all that comes from you what is good,

Is made a conscious and collective will,

On Earth as elsewhere

Let us be worthy of our own support

Spare us the misunderstanding that arises from our essence

Just as we are able to reflect and

limit the badly that arises within us and in relation to other beings

If you know of any fault of mine, show me the way to recover.

To build together a heavenly nation for the common good.

Bem-Vindos aos agrupamentos Celestiais

Aos irmãos que estão fora da abóboda celeste,

obrigado pela sua existência,

Venha a nós tudo o que procede de ti que for bom,

Seja feita uma vontade consciente e coletiva,

Assim na Terra como em outros lugares

Sejamos merecedores de nosso próprio sustento

Perdoai-nos a incompreensão que aflora de nossa essência

Assim como somos capazes de refletir e limitar o mal que aflora dentro de nós e em relação a outros seres

Se souberes de alguma falta minha, me mostre o caminho para me recuperar.

Para construirmos juntos uma nação celestial para o bem comum.

We need financial resources for the translation of our texts and if you are able to perceive a human gain in your life with our information please consider donating to our activity.

Nós necessitamos de recursos financeiros para a tradução de nossos textos e se você é capaz de perceber um ganho humano em sua vida com nossas informações favor considerar a possibilidade de fazer doações para nossa atividade.













The star contains more than 2,000 pages of information!








Insaut - Pular Informações corporativas e ir para o texto


10 ANOS DE LENDERBOOK





INSAUT TOP