ministério da cultura

:: Laisse: Me Ensina a Te Amar [Romance XXIV]


Laisse: Me Ensina a Te Amar [Romance XXIV]

Bem cedo minha mãe me instruiu que a verdade é capaz de libertar a alma. Então ainda menina fui capaz de orientar no processo de formação de minha personalidade dentro de um padrão de valores que eram transmitidos para minha essência de forma a estar em comunhão comigo mesma, com os outros seres que compartilho o mesmo ambiente, com o habitat e em comunhão com as forças criadoras que formam tudo o que possa ser considerado vital.

Ainda era capaz de reluzir um pouco de energia para as pessoas que compartilhavam comigo o mesmo espaço. Tentava ser o mais honesta comigo mesmo e a partir de minhas observações esperava que os demais também fossem sinceros a respeito da simbologia da existência que pairava sobre minha vida e sobre a vida de qualquer pessoa que adquiriu o direito de viver como um ser de elevada complexidade e natureza conscientizacional.

Nunca passei por grandes privações como miséria, maus tratos ou fome. Tinha uma vida por demais confortável e agradecia a Deus por esta oportunidade de me aperfeiçoar sem que com isto houvesse de minha parte passar por um tipo de transtorno que me chegasse a ter a mesma profundidade que um cego ou uma pessoa que vivesse no meio da sociedade abandonada no meio da rua.

Neste ponto os meus pais foram sábios em me mostrar a realidade que estava ao meu redor para que eu compreendesse o quanto era afortunada por ter a vida que levava graças ao fruto do trabalho dos meus pais.

Quando ia a igreja me encontrava com este mundo. Quando fazia refeições ao lado de pessoas idosas abandonadas pela sorte por seus filhos ingratos, esquecidos em cantos e guetos em que pessoas alheias aos vínculos deveriam cuidar destas vidas, me restou um pouco de sentimento que me fazia aproximar ainda mais para aprender um pouco sobre seus projetos de vida esquecidos à sorte.

Embora muitas vezes me questionasse sobre o senso de justiça que tudo isto tem de ser relacionado com a minha vida real, passei a perceber que fazia parte da história destas vidas, pois a minha vivência foi capaz de absorver tais traços e eu a renegar padrões de comportamento que empurrassem as pessoas a uma situação de desprezo, despreparo e sorte em relação ao uma vida amarga e regrada por frações de piedade dos mais afortunados.

Não queria me ausentar a este drama. Então passei a participar de atividades na igreja ainda moça em que preparávamos aos finais de semana um jantar para os esquecidos e os excluídos da sociedade.

Talvez essa fosse à única refeição decente que iram possuir durante a semana. A fila se formava e logo toda a comida era consumida com grande alegria e satisfação.

Meu intuito não era trazê-los para dentro do caminho da evangelização. Eu queria confortar os seus corações para dizer que alguém ainda se preocupa com eles. Queria sim inseri-los novamente no processo produtivo em que todo o ser humano assim se comportando torna-se merecedor de consumir produtos que a civilização venha a produzir em processo de barganha pela troca.

Aprendi que o mundo lá fora às vezes é tenebroso para com muitas vidas. E talvez estas vidas esperem um momento certo para se canalizarem de volta a uma integração consentida para com a sociedade.

Também aprendi a valorizar o trabalho escravo, de gente que produz apenas para não cair do gueto como outros tantos estão imersos e não conseguem mais dele sair.

Aprendi a dar valor a minha vida, a vida dos meus pais e dos meus familiares a ajudar aqueles que querem se erguer, a incentivar o trabalho de quem ainda mantém esperança, de comunicar oportunidades para quem ainda tem potencial para crescer.

Eu usei cada uma destas pessoas que não tem um lugar a sombra para se orgulhar, principalmente para moldar o meu caráter como um ser humano que se visualiza como uma pessoa digna, por esta razão por me espelhar nestas vidas sofridas eu tinha que retribuir a sua existência para que pudesse resgatar cada alma de seu casulo se assim quisessem.

Em silêncio quando comecei a trabalhar me guiei a contribuir para instituições de caridade que conhecia suas atividades, para continuar o meu compromisso individual de dentro de minha potencialidade ajudar o maior número de vítimas de si mesmo, das circunstâncias ou da própria sociedade a ter uma nova chance de se integrar para que o mundo pudesse um dia dizer que somos vitoriosos por nossas conquistas, não pela força que originaram nações, mas pela força que originou homens e mulheres-sementes para a construção de uma realidade que vale realmente à pena ser fundamentada.

Essas pessoas não queriam apenas o meu dinheiro para se manter, elas queriam muito mais, queriam o vínculo, queriam a permuta de sensações, queriam compartilhar seus pensamentos, suas angústias seus momentos de declínio do equilíbrio... queriam ser vistas como pessoas e não como excluídos.

Sabe que tenho tudo a agradecer o que fui capaz de me transformar hoje e se ainda erro é que muita coisa ainda tenho que aprender para ser uma pessoa mais digna de minha existência.

 

Porque sou Laisse uma guerreira que nunca se cansa de refletir em ação!



14/09/2014 - Max Diniz Cruzeiro
Eu quero participar!
Faça seu comentário

Critério

Crítica
Sugestão
Ideia
Desabafo
Elogio
Sentimento
Outro

Título


Somente palavras e/ou números

Seu comentário

Somente palavras e/ou números em português ou inglês
Limite de 500 caracteres.

Nota

-100 a +100

Cidade

Estado

País


Organização e ordenação de Registros Textuais
OortBook® organizando informações para melhor atendê-lo!




Max Diniz Cruzeiro

Electronics Technician

Bachelor of Statistics

Post graduate in Clinical and Business Psychopedagogy

MBA in Marketing and Social Networks

Postgraduate in Clinical Neuroscience

Postgraduate in Psychoanalytic Theory

Doctor PhD Student in Philosophy - Psychology: Cognitive

Self-taught Writer

Self-taught Ufologist

Specialist Self-taught in Remote Sensing

100% of the production of texts is in Portuguese!
95% of text production is in English!
90% of the production of texts is in Spanish!
The records from 2105 to 52104 is a great mechanical phrase writing experiment crafted in excel!









ADIÇÃO (22/MAR/2017) NO SITE LenderBook

INSAUT MATERIAL PRINCIPAL DA LENDERBOOK



Listar índice completo...





Previsão para Setembro de 2016













The film contains technology information!






Release (Book of Knowledge): Pay for this book the price of a Fast Food your city in our donation systems (paypal or Pague seguro).

Lançamento (Livro do Conhecimento): Pague por este livro o preço de um Fast Food da sua cidade em nossos sistemas de doações (Pague seguro ou paypal).


Version Original +- 4,3 MegaBytes
].....[
Version with Art +- 75 MegaBytes
].....[
Doando você estará ajudando alguém através de nossos projetos














Amigos,
Bom dia,
Ofereço serviços de impressão a Laser frente e verso de excelente qualidade:
Regra: o trabalho deve estar digitalizado e não necessitar de qualquer tipo de revisão
Especificação: Folha A4
Valores:
Apenas toner preto: 15 centavos cada página
Com toner colorido: 30 centavos cada página

Obs.: Não é serviço de xerox a qualidade é igual a impressão de livro. Não fazemos desconto. Os valores de impressão para este tipo de serviço no mercado é de 25 centavos para toner preto e 1 real para toner colorido.
Se souberem de algum estudante que queira imprimir algum trabalho de alta qualidade repasse o meu e-mail por favor. Conforme o volume entrega no dia seguinte. Serviço realizado no período noturno. Necessário pedir com antecedência para entrar na fila de impressão.
Enviamos o material impresso através dos Correios para sua casa (Impressão + custos de envio). Aproveite a oportunidade selecione nossos textos que enviamos para você o seu arquivo digital impresso. Pagamento antecipado via paypal ou pagseguro.
lenderbook@gmail.com

A rede social da Cultura Brasileira
Disponível para todos que nutrem um amor inconfundível por esta pátria chamada Brasil.

Uma iniciativa do Ministério da Cultura - Governo Federal




Site designed and supervised by Clinical Neuroscientist.

Site desenvolvido e orientado por Neurocientista Clínico.

Max Diniz Cruzeiro



Welcome to Heavenly groupings

The brothers who are outside the celestial vault,

thanks for your existence,

Come to us all that comes from you what is good,

Is made a conscious and collective will,

On Earth as elsewhere

Let us be worthy of our own support

Spare us the misunderstanding that arises from our essence

Just as we are able to reflect and

limit the badly that arises within us and in relation to other beings

If you know of any fault of mine, show me the way to recover.

To build together a heavenly nation for the common good.

Bem-Vindos aos agrupamentos Celestiais

Aos irmãos que estão fora da abóboda celeste,

obrigado pela sua existência,

Venha a nós tudo o que procede de ti que for bom,

Seja feita uma vontade consciente e coletiva,

Assim na Terra como em outros lugares

Sejamos merecedores de nosso próprio sustento

Perdoai-nos a incompreensão que aflora de nossa essência

Assim como somos capazes de refletir e limitar o mal que aflora dentro de nós e em relação a outros seres

Se souberes de alguma falta minha, me mostre o caminho para me recuperar.

Para construirmos juntos uma nação celestial para o bem comum.

We need financial resources for the translation of our texts and if you are able to perceive a human gain in your life with our information please consider donating to our activity.

Nós necessitamos de recursos financeiros para a tradução de nossos textos e se você é capaz de perceber um ganho humano em sua vida com nossas informações favor considerar a possibilidade de fazer doações para nossa atividade.










The star contains more than 2,000 pages of information!






Insaut - Pular Informações corporativas e ir para o texto


10 ANOS DE LENDERBOOK





INSAUT TOP