ministério da cultura

:: Laisse: Me Ensina a Te Amar [Romance XIX]


Laisse: Me Ensina a Te Amar [Romance XIX]

Alguns dias eu estava inspirada. Aproveitava as horas de meu almoço para cuidar de minha aparência em um salão de beleza durante a semana. Dias que estava bem intencionada em provocar a excitação masculina de quem me amava.

Antes disto, porém ao amanhecer eu o despertava com um sussurro ao pé do ouvido falando frases de intensidade. Não me importava aspectos que transparecessem vulgaridade. Então brincava com sua percepção de homem-menino para fazê-lo desejar a minha essência.

Quando percebia que seus instintos já estavam bastante condensados, me esquivava para preparar o café da manhã. Ele gemia em sinal de reclamação de um coito não realizado.

Então minha boca encontrava com seus lábios em sinal de que existia dentro de mim a necessidade de ser consumida pelo seu fogo despertado.

Mas eu era resoluta. Tinha que preparar o café da manhã. Na mesa preparava tudo com muito carinho. Cuidava para que o cheiro do ambiente ficasse com um aspecto agradável para quando ele entrar no ambiente associar a fragrância a minha figura marcante como uma mulher presente.

Então o abastecia com alimentos fortes. Para que tivesse uma jornada de trabalho com bastante vigor. Enquanto ele se alimentava eu brincava com seus sensores e por vezes ele tentava perder a compostura ali mesmo, mas algo dentro de mim dizia que não era um momento estável para que a coisa toda viesse a fluir.

Então assim saíamos para o trabalho, desejosos que um possuísse o outro naquele instante.

Durante o dia ele me ligava e eu ao atender de forma discreta pronunciava alguns elementos que somente nós compreendíamos o significado que a distância entre nossos corpos havia de ser consumida naquele dia.

Quando no fim da tarde o término da jornada se aproximava, então ele me telefonava para combinarmos o momento em que ele iria me pegar de carro em  meu trabalho.

Na certa quando ele me observava toda produzida algo em seu semblante se acendia. E eu a perceber o alvoroço e me dispunha a fazer um breve sinal de carinho por sobre seu ombro para não parecer vulgar em público.

Tinha por mim que a nossa intimidade apenas nos pertencia, e que por isto não havíamos razão para envolvermos terceiros em nosso relacionamento, isto para que a manutenção da intimidade fosse sempre respeitada entre nós com a sociedade.

Então quando meu amor colocava o carro na garagem, logo se apressava para abrir a porta onde me encontrava. Este era um sinal que algo dentro dele queria me compensar e me agradar como nos velhos tempos em que nos conhecemos.

Ele por vezes simulava colocar em seus braços e meio desajeitado entre abrir a porta de casa e me solapar com seus beijos intensos perdia o total controle de si mesmo.

Então se esquecendo da existência dos objetos de trabalho no carro, me levava diretamente para o quarto. Quando seu aspecto de menino enfim largava os meus lábios e nutria meu pescoço com uma degustação sensorial que somente ele sabe fazer.

Suas mãos iam de encontro ao meu corpo. Meus seios se erigiam. Então ele confabulava para acariciá-los e enroscar os seus lábios por sobre os meus mamilos.

Então minha razão se esgotava e murmúrios de amor saiam de minha expressão sem meu consentimento que intensificavam ainda mais o processo de entrega.

Progressivamente ele tirava minhas vestes, e eu como uma mulher madura, não fazia objeção a sua intenção programada por mim deste o instante matinal.

Sua boca escorregava para meu sexo, o que fazia ainda mais intensificar o tesão que sentia.

Não deseja por um instante ter a sensatez de outrora, queria ser consumida. Queria que tudo fosse intenso e que àquelas horas não passassem tão rápidas.

Quando ele me possuía o prazer era além do incômodo da tensão pré-estabelecida do coito. Ele procurava relaxar meus músculos intensificando as carícias até que eu estivesse pronta para ajustar às necessidades orgânicas a consumação do desejo.

Ele permitia intensificar o prazer com suas manobras motoras. Fazia-me sempre agradável ao canalizar sua excitação para nosso prazer mutuo. Por fim Eu reservava para ele um jantar no próprio leito em que um prato especial era capaz de recompor nossa estima.

Laisse é fogo, paixão e mulher que desperta o afrodisíaco por sobre a pungência do Elemental masculino!



14/09/2014 - Max Diniz Cruzeiro
Eu quero participar!
Faça seu comentário

Critério

Crítica
Sugestão
Ideia
Desabafo
Elogio
Sentimento
Outro

Título


Somente palavras e/ou números

Seu comentário

Somente palavras e/ou números em português ou inglês
Limite de 500 caracteres.

Nota

-100 a +100

Cidade

Estado

País


Organização e ordenação de Registros Textuais
OortBook® organizando informações para melhor atendê-lo!




Max Diniz Cruzeiro

Electronics Technician

Bachelor of Statistics

Post graduate in Clinical and Business Psychopedagogy

MBA in Marketing and Social Networks

Postgraduate in Clinical Neuroscience

Postgraduate in Psychoanalytic Theory

Doctor PhD Student in Philosophy - Psychology: Cognitive

Self-taught Writer

Self-taught Ufologist

Specialist Self-taught in Remote Sensing

100% of the production of texts is in Portuguese!
95% of text production is in English!
90% of the production of texts is in Spanish!
The records from 2105 to 52104 is a great mechanical phrase writing experiment crafted in excel!









ADIÇÃO (26/MAR/2017) NO SITE LenderBook

INSAUT MATERIAL PRINCIPAL DA LENDERBOOK



Listar índice completo...





Previsão para Setembro de 2016













The film contains technology information!






Release (Book of Knowledge): Pay for this book the price of a Fast Food your city in our donation systems (paypal or Pague seguro).

Lançamento (Livro do Conhecimento): Pague por este livro o preço de um Fast Food da sua cidade em nossos sistemas de doações (Pague seguro ou paypal).


Version Original +- 4,3 MegaBytes
].....[
Version with Art +- 75 MegaBytes
].....[
Doando você estará ajudando alguém através de nossos projetos














Amigos,
Bom dia,
Ofereço serviços de impressão a Laser frente e verso de excelente qualidade:
Regra: o trabalho deve estar digitalizado e não necessitar de qualquer tipo de revisão
Especificação: Folha A4
Valores:
Apenas toner preto: 15 centavos cada página
Com toner colorido: 30 centavos cada página

Obs.: Não é serviço de xerox a qualidade é igual a impressão de livro. Não fazemos desconto. Os valores de impressão para este tipo de serviço no mercado é de 25 centavos para toner preto e 1 real para toner colorido.
Se souberem de algum estudante que queira imprimir algum trabalho de alta qualidade repasse o meu e-mail por favor. Conforme o volume entrega no dia seguinte. Serviço realizado no período noturno. Necessário pedir com antecedência para entrar na fila de impressão.
Enviamos o material impresso através dos Correios para sua casa (Impressão + custos de envio). Aproveite a oportunidade selecione nossos textos que enviamos para você o seu arquivo digital impresso. Pagamento antecipado via paypal ou pagseguro.
lenderbook@gmail.com

A rede social da Cultura Brasileira
Disponível para todos que nutrem um amor inconfundível por esta pátria chamada Brasil.

Uma iniciativa do Ministério da Cultura - Governo Federal




Site designed and supervised by Clinical Neuroscientist.

Site desenvolvido e orientado por Neurocientista Clínico.

Max Diniz Cruzeiro



Welcome to Heavenly groupings

The brothers who are outside the celestial vault,

thanks for your existence,

Come to us all that comes from you what is good,

Is made a conscious and collective will,

On Earth as elsewhere

Let us be worthy of our own support

Spare us the misunderstanding that arises from our essence

Just as we are able to reflect and

limit the badly that arises within us and in relation to other beings

If you know of any fault of mine, show me the way to recover.

To build together a heavenly nation for the common good.

Bem-Vindos aos agrupamentos Celestiais

Aos irmãos que estão fora da abóboda celeste,

obrigado pela sua existência,

Venha a nós tudo o que procede de ti que for bom,

Seja feita uma vontade consciente e coletiva,

Assim na Terra como em outros lugares

Sejamos merecedores de nosso próprio sustento

Perdoai-nos a incompreensão que aflora de nossa essência

Assim como somos capazes de refletir e limitar o mal que aflora dentro de nós e em relação a outros seres

Se souberes de alguma falta minha, me mostre o caminho para me recuperar.

Para construirmos juntos uma nação celestial para o bem comum.

We need financial resources for the translation of our texts and if you are able to perceive a human gain in your life with our information please consider donating to our activity.

Nós necessitamos de recursos financeiros para a tradução de nossos textos e se você é capaz de perceber um ganho humano em sua vida com nossas informações favor considerar a possibilidade de fazer doações para nossa atividade.










The star contains more than 2,000 pages of information!






Insaut - Pular Informações corporativas e ir para o texto


10 ANOS DE LENDERBOOK





INSAUT TOP